Ásia

Taj Mahal. O monumento do amor eterno

 

Taj Mahal. O monumento que foi criado ao amor eterno.
Não existe uma pessoa no planeta todo que goste de viajar, que não tenha se maravilhado com a beleza do Taj Mahal. Não é à toa que ele está entre as 7 maravilhas do mundo moderno e foi considerado pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.
O Taj Mahal nada mais é que um mausoléu que está localizado na cidade de Angra, na Índia. Obviamente é o local mais visitado do país, pois é um dos mais visitados do mundo. O seu nome significa “lugar da coroa”.
A história do local é linda. Ele foi construído entre os anos de 1631 e 1653, contou com o trabalho de mais de 20 mil homens que vieram de diversas localidades do oriente. É um monumento que foi construído em mármore branco pelo imperador Shah Jahan. Mas você sabe porque o imperador ordenou que o Taj Mahal fosse construído?
O mausoléu foi construído sobre o túmulo de Aryumand Banu Begam (ou também chamada Mumtaz Mahal, que significa jóia do palácio. Gente, que coisa mais linda), junto ao Rio Yamuna. Ela era a esposa preferida do imperador Shah e morreu após dar à luz ao seu 14o filho. Quer prova maior de amor? Não é à toa que até hoje o local é visto como um grande monumento ao amor. Para completar a história desse casal, após sua morte, o imperador foi sepultado ao lado do túmulo de sua esposa.
O Taj Mahal é todo incrustado com pedras semipreciosas, como o lápis-lazúli, vários tipos de quartzos, entre outras. Desenhos são formados por todo o local, com perfeita simetria. Os elementos formais de decoração do Taj Mahal tem motivo de flor de lótus, amrud que é uma cúpula em formato de cebola e é muito característica da arquitetura islâmica, cenefas que são painéis esculpidos sobre as arcadas, guldasta que são agulhas decorativas que são fixadas no rebordo das balaustradas, caligrafia com escritura estilizada de versos do Corão sobre as arcadas principais e muitos outros elementos.
Outro show a parte, os jardins do monumento são perfeitos e seguem e simetria de todo o local. O grande chahar bagh tem canteiros com flores, fontes, caminhos de água, caminhos elevados, caminhos com árvores, etc. O tanque central é feito de mármore também e sempre está com água, bem no caminho para a entrada do mausoléu. Assim, ele reflete sempre a imagem da imponente construção.
A única parte sombria na história do Taj Mahal, diz que o imperador tinha a sua disposição os melhores arquitetos, artesãos e decoradores da época. Após a construção do mausoléu, dizem que o imperador ordenou que os cegassem ou mutilassem, para que eles nunca mais pudessem construir algo tão perfeito ou parecido com o Taj Mahal.
Bom, acho que não preciso dizer mais nada.
O Taj Mahal é um daqueles lugares que todo mundo quer conhecer, tirar uma selfie e perder a hora enquanto o admira. Não é para menos. O lugar é realmente maravilhoso e merece todo o planejamento da viagem para visitá-lo.
E você? Conhece o Taj Mahal? Conte para a gente como foi a experiência. Se não conhece ainda, estamos juntos nessa.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*