Listas

Lugares inusitados para se conhecer pelo mundo – Parte 1

Lugares inusitados para se conhecer pelo mundo – Parte 1

 

A maioria das pessoas gosta de viajar para conhecer lugares famosos, grandes cidades, centros de compras, grandes atrações turísticas ou praias para descansar. Mas eu acredito que quando o assunto é viajar, devemos sempre estar dispostos a ver tudo o que nosso planeta pode nos oferecer, pois tudo é válido como aprendizado e serão momentos memoráveis. Não estou dizendo que é errado querer viajar para lugares tradicionais, estou apenas querendo dizer que viajar para lugares diferentes, para ver tudo diferente, também é bacana.

Seguindo essa linha de pensamento, montei uma lista (que dividi em dois posts, porque em um só ficou enorme) de alguns (selecionei 12) lugares diferentes espalhados pelo mundo, que vale muito a pena conhecer. Espero que gostem. Essa é a primeira parte.

– Ilha de Socotra, Iêmen: Essa ilha está perdida no Oceano Índico e pertence ao Iêmen, país do continente africano. Ela abriga uma diversidade fantástica de flora e fauna, que estão perfeitamente adaptados ao clima da região, que é de agreste, muito quente e fustigado por ventanias. A árvore que é o símbolo botânico da Ilha de Socotra é a dragoeira, que tem seus galhos voltados para cima, para captar a neblina noturna. Assim como em outras ilhas isoladas, os morcegos são os únicos mamíferos nativos da ilha, mas sua fauna aquática é bem rica.

– Great Blue Hole, Belize: É um dos lugares que mais intrigam os turistas. Está localizado quase 100km mar adentro da Cidade de Belize, tem a forma de círculo perfeito com mais de dois quilômetros de largura e 145 metros de profundidade. É o maior buraco azul do mundo e pode ser visto até do espaço. Há milhões de anos atrás, ele era simplesmente uma caverna e com o passar dos anos, o nível do mar subiu e ele se tornou no que é hoje. É o lugar perfeito para quem gosta de mergulhar e ficar perto de grandes animais marinhos.

– Salar de Uyuni, Bolívia: É o maior deserto de sal do mundo. Fica a 3.650 metros de altitude e é um importante ponto de extração de sal, do qual estima-se que 25 mil toneladas são retiradas por ano. É um ponto turístico famoso na Bolívia e se você for durante o verão, além de ver flamingos na paisagem, por conta do descongelamento das geleiras nos Andes, o deserto fica coberto de água. Nesta época, você não consegue descobrir onde o céu termina e começa o chão. É um visual maravilhoso.

– Lago das Águas Vivas, Palau: Quando escutamos o nome desse lugar, com certeza é algo assustador. Mas, por incrível que pareça, todas elas são inofesivas. Sabe por que? Elas estão em um lugar onde não existem predadores para elas e com o passar dos anos, elas foram perdendo todo seu veneno. É a maravilhosa lei da evolução! Esse lago marinho, localizado no arquipélago de Palau, no Oceano Pacífico, é o lago, que hoje não tem mais ligação com o oceano, foi batizado de Jellyfish (água viva em inglês). A grande atração do local é, sem sombra de dúvidas, o mergulho no meio das águas vivas.

– Rio Tinto, Espanha: Esse rio é pequeno e é todo colorido em tons de vermelho. Fica na região espanhola da Andaluzia, numa província chamada Huelva. Sua coloração se deve a um ácido de ph 2,2 que torna a vida no rio quase impossível. A água desse rio também é cheia de metais e com pouco oxigênio. Durante muito tempo, ele foi considerado um rio totalmente morto, mas estudos atuais mostraram que existem alguns tipos de algas microscópicas que se adaptam a situações extremas e elas se alimentam dos minerais presente na água desse rio tão peculiar.

– Lower Antelope Canyon, Estados Unidos: Este caniôn é um dos mais estreitos visitados. Fica no estado do Arizona, nos Estados Unidos. É uma formação rochosa em tons terra e seu ponto alto é quando o sol consegue iluminar as paredes dos caniôns, formando diversas paisagens ali dentro, como um lobo uivando. Se um dia estiver por Las Vegas, pode se programar para fazer um passeio diferente e visitar este caniôn, que realmente é de tirar o fôlego.

Aguarde que nos próximos dias eu solto a parte 2 (estou até pensando em fazer mais listas dessas, quem sabe). Tem muitos outros lugares maravilhosos para conhecermos pelo nosso planeta.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*