África

Viajar de carro pela África do Sul é possível sim!

Viajar de carro pela África do Sul é possível sim!

 

Quando começamos a pensar em fazer essa viagem, tivemos dificuldade em encontrar as informações precisas que eu sempre procuro antes de organizar um roteiro. Não íamos viajar com nenhuma agência, então organizei o roteiro todinho sem ajuda de profissionais. Particularmente, gostamos muito da comodidade que um carro traz para a viagem, especialmente com um monte de malas. Mas não consegui achar muitas informações quanto a isso também e todas as pessoas que conheço que fizeram essa viagem, foram para as reservas de avião.

Pesquisei bastante e acabei encontrando algumas informações, mas ainda não eram as que eu queria. Resolvemos arriscar e por isso, hoje quero deixar tudo muito claro sobre como foi nossa viagem de carro pela África do Sul. Muita gente diz que as estradas não são boas, ou que são perigosas. Mentira. Vou contar todos os detalhes para vocês nesse texto. Então, se você ainda tinha dúvidas quanto a fazer ou não essa viagem, leia até o final.

Alugamos um carro com o pessoal da Mobility Cars, que tem esquema com praticamente todas as empresas de aluguel de carros. Eles cotam para você quais estão com os melhores valores e fecham com condições ótimas. Foi a segunda vez que alugamos com eles e foi perfeito. Minha dica é para vocês fecharem o seguro lá na hora, com a empresa de aluguel. Às vezes na hora, eles possuem alguns seguros bons com valores ótimos. Não se esqueça de fazer um seguro que cubra vidros, pneus e o mínimo de franquia possível (ou franquia isenta). Vale a pena, pois pegamos uma pedra na ida para as reservas que quase estragou a viagem.

Lá na África do Sul, eles dirigem com a mão inglesa. Não é tão difícil quanto a gente pensa, mas para nós que não estamos acostumados, o melhor dos mundos é seguir apenas essas duas dicas. Carro automático (porque você pode e vai se confundir todo na hora de fazer as trocas de marcha, então vale a pena um carro automático) e manter uma frase grudada na cabeça que é “keep left” ou “mantenha-se à esquerda”. E pronto. Seguindo essas duas dicas, não tem erro. Pode viajar tranquilo que vai ser sucesso.

Nosso trajeto até a primeira reserva que ficamos, a famosa Sabi Sand Game Reserve, foi longo, saindo de Johanesburgo. Levamos quase 7h para chegar lá, contando o tempo que ficamos parados por causa do vidro trincado pela pedra. Passamos por aquelas cidades típicas da África, que a gente costuma ver em documentários. Com muita gente andando nos meio dos carros, feira livre de tudo no meio da calçada, mulheres com roupas coloridas carregando seus filhos, etc. Foi um filme lindo de se ver. E o melhor de tudo foi a sensação de segurança. Por mais que tivesse trocentas pessoas ali, ninguém nem se quer mexeu com a gente.

As estradas foram tranquilas também. Apenas em alguns trechos encontramos muitos buracos (que o Alê teve uma certa dificuldade em conseguir desviar deles por conta da mão inglesa hahahaha) e alguns trechos com estrada de terra bem ruim. Mas nesses pontos isolados, o segredo é ir bem devagar e ter paciência. Nada que vá destruir o carro, mas é chato ir rápido e aguentar essa vibração da estrada de terra.

Outro segredo é esquecer o Waze. Esse aplicativo não funciona direito lá e ele dá uns caminhos malucos que ninguém entende porque ele fez isso. O aplicativo de GPS que funciona super bem lá na África do Sul é o Google Maps. Dica preciosa! Baixe o mapa da região em que estará e fique com ele Offline. A internet de celular lá é boa, mas pode falhar em vários trechos. Melhor confiar no Google e baixar o mapa. Fizemos isso e foi só alegria. Vale a pena. Tanto na ida quanto na volta.

Uma das coisas mais lindas que vimos na viagem, foi em uma das pequenas e pobres cidades que passamos a caminho das reservas. Sabe aqueles vídeos de crianças correndo atrás dos carros dando tchau e sorrindo muito? Pois bem, isso aconteceu com a gente também. Um grupo de pequeninos de uns 6 anos de idade, voltando ou indo para a escola. Quando passa um carro, todos olham e ao nos ver, eles começaram a sorrir, dar tchau e a correr atrás do carro. Também buzinamos e brincamos com eles. Que linda a pureza desses baixinhos.

Muito importante falar sobre a segurança dos motoristas dentro das reservas. É possível e super normal andar com nossos carros, alugados ou não, dentro das reservas. Para chegar até os lodges, precisamos dirigir bastante dentro das reservas e ali os bichos já estão soltos e a qualquer momento, você pode encontrar um deles. Meu conselho é para que fique na estrada principal, em direção ao seu lodge. Não invente de sair por lá indo para qualquer lugar e acabar se perdendo. Ou pior, você pode encontrar algum animal gigante, não saber o que fazer e como agir e ele acabar te atacando. Elefantes matam em média 100 pessoas por ano e a maior parte dos acidentes acontece em casos assim.

Bom, resumindo esses foram nossos dias. A volta, igualmente tranquila, passando por visuais maravilhosos. Ah! Tire um tempo para visitar o maior canyon florestado do mundo. O Blyde River Canyon. Ele fica perto de Hoedspruit e vale a pena. Toda a região ali é maravilhosa demais, com montanhas incríveis e lindas. De perder o fôlego mesmo. Vale muito a pena viajar de carro pela África do Sul, pelo menos nessas regiões que passamos e também por Cape Town. Alugar um carro em Cape Town e ir conhecer a região dos vinhos é uma das coisas mais lindas que podemos fazer nesse país.

Viajar de carro nos dá liberdade, mas precisamos tomar as medidas de segurança que cabem nesse assunto. Recomendo muito a Mobility Cars, pois eles nos atenderam super bem mesmo quando a pedra atingiu o carro, mesmo a distância. Fantástico. É necessário ter sempre uma empresa de confiança ao nosso lado para esses casos. Portanto, foi uma viagem inesquecível e não pensaria duas vezes em fazer tudo de novo. Estradas lindas, tudo lindo. Detalhe para os bichos que podemos ver dentro das reservas, enquanto estamos dirigindo. O safári começa ali.

2 responses to “Viajar de carro pela África do Sul é possível sim!

    1. Oii Maryana! Tudo bem e vc?
      Obrigada por ter lido o texto. Fico feliz em ajudar os viajantes. =)
      Então. É uma loteria. Dizem que é necessário sim a Permissão, mas nós estávamos somente com a CNH normal.
      Todo mundo que conversei, nunca pediram a Permissão. Mas li casos que eles pediram. Então é meio loteria. Nós fomos na sorte, pq não daria tempo para tirar a permissão. Mas caso você tenha, recomendo que faça sim, para evitar maiores problemas. =)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*