Fora da Curva

Velejar pelo Río de la Plata

Eu sou o tipo de pessoa que gosta de experimentar, viver, ver de perto, tocar, sentir, entender e apreciar tudo que a vida tem para nos oferecer. Principalmente quando estou viajando. Essa vontade de viver aumenta e sempre quero desfrutar tudo que está ao meu alcance.

Nesses últimos anos que venho me dedicado a viajar e aproveitar isso. Tive experiências únicas, com pessoas únicas e completamente, sem preço. Impossível não relembrar de tudo isso com carinho e com certeza, ficará na minha memória eternamente.

Umas das experiências mais maravilhosas que vivi, foi velejar.
Conheci um velejador espanhol profissional numa viagem para o Uruguay, nos apaixonamos e tentamos ficar juntos (hahahaha). Não deu certo, mas o carinho por ele é imenso. Ele já deu a volta ao mundo em seu veleiro, já viveu em todos os lugares mais paradisíacos que existe no planeta, como Kiribati, Madagascar, Ilha de Páscoa, Tahiti, Ilhas Marquesas, etc. Nos reencontramos em Buenos Aires, onde passamos muitos dias velejando pelo Río de la Plata. Claro que passei mal algumas vezes (uuurrrgghhh, enjoei master) mas no final, deu tudo certo.

Velejar é algo difícil de ser descrito em palavras. Vou tentar com imagens.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pessoal! Velejar é incrível.
Quando o motor é desligado e fica apenas o barulho do vento nas velas, as pequenas ondas batendo nas laterais do barco, pássaros, o sol… Mais nada. Apenas você e a natureza. É indescritível. Uma sensação de paz plena que acalma cada célula de nosso ser.

Meu grande conselho, após contar um pouco dessa história, é:
NÃO PERCA AS OPORTUNIDADES! Viva cada segundo, aproveite cada momento, conheça as pessoas de coração aberto e seja grato por estar ali, na hora certa e no lugar certo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*