América

Tudo sobre Montevideo, no Uruguay

Tudo sobre Montevideo, no Uruguay

 

Montevideo é a capital e maior cidade do Uruguai, que faz fronteira com o Rio Grande do Sul e com a Argentina. Fica na região sul do país, a moeda local é o Peso Uruguaio e lá se fala espanhol. A quantidade de habitantes é de aproximadamente 2 milhões de pessoas, metade da quantidade total do país. É a cidade latino-americana com a melhor qualidade de vida e está entre as cidades mais seguras do mundo. Também é a sede administrativa do Mercosul.

Nasceu de um povoado indígena e em 1726 adquiriu o estatuto de cidade. Conquistou sua independência na Guerra da Cisplatina, que teve o apoio da Argentina e em 1828 se tornou a capital do Uruguai. É banhada pelo Río de la Plata com 67km de costa. O clima é sempre agradável na época do verão, úmido e venta bastante. O inverno é bem rigoroso, mas não costuma nevar na região.

Essa cidade é encantadora, assim como as pessoas que moram lá. Para ir até Montevideo, você precisa estar de coração aberto para conhecer um dos povos mais amigáveis do planeta. Não existe estresse de trânsito, as pessoas praticam esportes ao ar livre e adoram correr na orla das praias. Montevideo caminha num ritmo de grande cidade, mas não deixa de ser acolhedora e permite que os moradores de lá, tenham conversas na rua com uma garrafa de mate embaixo do braço.

Algumas pessoas que vão para lá, acham a cidade feia. Essa impressão se deve ao fato de que a arquitetura da maioria das casas, prédios e outras construções, é bem antiga, e eles preservam isso até hoje. Não é incomum você encontrar uma casa que, apesar de estar bem pintada e cuidada, é antiga. Aquelas portas e janelas, altas e gigantes, pesadas de madeira maciça, e atrás dessa porta ou janela, você vai encontrar um idoso sorridente e simpático, observando o movimento da rua.

É uma cidade pequena e a parte principal dela, você pode fazer a pé. Como eu sempre falo aqui, a melhor opção para conhecer bem uma cidade, é caminhar. Então, coloque um tênis confortável no pé e vá caminhar. Vale a pena. Indico que façam o caminho da Playa de Pocitos até o Mercado Del Puerto. É uma caminhada de uns 4km, mas você vai conhecendo todas as pequenas praias da cidade que estão no caminho. Já que estamos falando do mercado, eu vou entrar em um dos meus assuntos favoritos: Comer!

Qualquer (note, eu disse QUALQUER) restaurante que você comer por ali, será bem atendido, bem servido e a comida será maravilhosa. O preço é bem parecido em todos eles, justamente para evitar a concorrência. Então, caminhe um pouco pelo mercado e sente-se para almoçar (com fome, para comer bastante) no restaurante que você achar mais agradável ao seu gosto pessoal. Aconselho você a pedir uma Parrilla Uruguaia e a beber um vinho da uma uva chamada Tannat. Pode pedir uma garrafa que você não vai se arrepender. Se estiver viajando sozinho, peça uma garrafa pequena. Não se preocupe em caminhar um pouco bêbado pela cidade depois. Você está de férias e vale a pena experimentar esse vinho.

Ainda caminhando, você não pode deixar de dar uma passada na Plaza da Independencia, que fica na Avenida 18 de Julio. Lá você vai conseguir tirar uma foto bem bonita, enquadrando a estátua de Joaquín Súarez de Rondelo e o Palácio Salvo, que quando foi construído, era o mais alto da América Latina. Uma foto clássica, mas indispensável.

Visite as lindas igrejas da cidade como a Catedral Metropolitana de Montevideo e Igreja de Las Carmelitas. Existem muitos museus, mas eu acredito que o mais emocionante seja o Museo Andes 1972. Ele conta a história do trágico acidente de um avião da Força Aérea Uruguaia, que bateu no pico de uma montanha no Chile. Eram 45 pessoas, mas após a queda do avião, apenas 29 estavam vivos. Demoraram mais de 2 meses para resgatar os 16 sobreviventes. Ficaram presos em uma região onde o clima era extremamente frio e a altitude era de mais de 3.500 metros. Com o passar do tempo, os sobreviventes tiveram que se alimentar dos passageiros mortos, que foram preservados pela neve. Uma história comovente que é bem explicada nesse museu.

Se quiser conhecer algumas cidades ao redor de Montevideo, o transporte rodoviário é excelente e tem até WiFi grátis nos ônibus.

A vida noturna em Montevideo é agitada. A cidade conta com diversos bares, pubs, restaurantes, danceterias e outras coisas para se divertir. A rua Luís A. de Ferreira, é recheada de pubs, restaurantes e bares. Recomendo um bar que fica nessa rua e se chama Burlesque. Comida boa, preço justo, bom atendimento e uma criatividade impressionante para inventar bebidas. Se quer uma opção mais tranquila, vá até o Che que fica em Punta Carretas, pé na areia. Lá você pode comer bem, tomar um sorvete delicioso e conversar olhando para a praia.

Algumas dicas que você não encontra em muitos lugares, é que a Praça Matriz é linda e fica ainda mais bonita iluminada pelo sol da tarde.

O candombe é uma batucada hipnótica que leva todos à dança, tem origem africana e lembra muito o nosso Candomblé. Alguns dias do ano, eles fazem uma espécie de procissão pelas ruas de diversos bairros e no final de tudo, se encontram e uma grande festa ocorre, regada a muito vinho e cerveja. Se quiser alugar um carro para andar por lá, vá em frente. A hora do rush deles, é como se fosse nosso trânsito da madrugada.

E sabe outras coisas sobre Montevideo? Eles adoram os brasileiros, os voos para lá são de baixo custo e duram apenas 3 horas. Vale a pena conhecer e se encantar com a energia do lugar, que é única e impressionante. Montevideo é incrível.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*