Diário de Beleza

Tudo Sobre a Drenagem Linfática. Benefícios, mitos e verdades.

Tudo Sobre a Drenagem Linfática. Benefícios, mitos e verdades.

 

Muitos não sabem, mas antes de ser escritora e comandar esse projeto chamado Viagens da Talita, estudei e me formei como fisioterapeuta. Trabalhei na área desde 2003 e o primeiro curso que fiz extra curricular, foi o de Drenagem Linfática. Na época, essa febre estava começando aqui no Brasil e a massagem estava ficando famosa aos poucos, caindo no gosto de tantas mulheres (e até homens) por aí. O importante é deixar claro que eu sei o que estou escrevendo aqui, pois além de sentir os benefícios em mim, pude ver isso ao longo dos anos de profissão em minhas pacientes.

 

Antes de falar dos benefícios, devo dizer uma coisa. Cada terapeuta tem seu jeito de fazer a massagem, mas algumas coisas precisam ser iguais. Como a pressão na mão, o modo de descongestionar os capilares linfáticos, os gânglios que devem ser estimulados para uma maior eficácia do tratamento. Os movimentos são particulares, cada um tem seus preferidos. Por mais que eu goste bastante do deslizamento, tem gente que prefere outras formas de drenagem a linfa para nosso sistema circulatório.

Muitas mulheres são viciadas nessa massagem que para mim, é fundamental para a saúde e beleza da mulher. Além de relaxar e baixar nossos níveis de estresse, ela ajuda a nos deixar ainda mais bonitas. Sempre afirmei que toda mulher deveria fazer pelo uma vez na semana, uma sessão de drenagem linfática. Por quê? Já te explico na lista de benefícios que farei logo abaixo, mas antes quero explicar a fisiologia dessa massagem tão maravilhosa.

Falei sobre a pressão da mão, justamente para deixar claro que uma drenagem não precisa ser forte e muito menos, deixar hematomas na paciente. Caso isso tenha acontecido com você, saiba que fizeram a massagem da forma errada. A drenagem é para te deixar relaxada, não tensa e com dor. Como os capilares do sistema linfático são superficiais, não é necessário fazer uma pressão tão grande para atingi-los. Basta uma pequena pressão na pele e pronto. Às vezes aumentamos um pouco a pressão para poder massagear os músculos, mas não porque vamos estar drenando mais. Ok?!

Nós mulheres costumamos acumular líquidos pelo nosso corpo, justamente por sofrermos tantas alterações hormonais ao longo do mês. Esse líquido pode e deve ser drenado durante a massagem. Mas da forma correta. Primeiro estimulamos os gânglios que receberão esse líquido (a gente meio que acorda eles, pois eles até então estão funcionando com a drenagem natural do corpo, como vamos aumentar o fluxo de líquidos, é preciso fazer essa estimulação). Depois vamos limpando os capilares linfáticos, tirando primeiro o líquidos acumulado perto dos gânglios para só então, ir trazendo com as mãos o resto, sempre em movimentos ascendentes em direção aos gânglios principais (geralmente virilha, região umbilical, atrás dos joelhos e axila). Ufaaa. Muita coisa.

Cremes auxiliam nesse trabalho, mas existem terapeutas que não utilizam cremes. Eu sempre gostei de usar, pois causa menos fricção na pele da paciente e seus movimentos ficam com maior fluidez. Só de escrever tudo isso, já estou relaxando (hahahaha). Essa semana fiz uma drenagem com a Solange lá do Casaquinze e ela faz muito bem. Adorei o ritmo da massagem, adorei a pressão e adorei a sequência dos movimentos. Bem parecida com a drenagem que eu fazia quando trabalhava com a fisioterapia. Uma boa drenagem linfática te deixa desinchada, relaxada e sua pele hidratada.

Agora que já escrevi sobre como funciona e o que é a drenagem linfática, vamos à lista dos benefícios.

 

– Ajuda a desintoxicar o organismo

– Ativa nosso sistema imunológico

– Elimina líquidos que ficam acumulados pelo nosso corpo

– Auxilia no tratamento contra a celulite

– Estimula nosso metabolismo a funcionar melhor e mais rápido

– Promove relaxamento geral

– Melhora o aspecto da pele

– Atua com ação analgésica em alguns casos

– Imprescindível no pré e pós operatório

A drenagem linfática não é indicada para todo mundo. Existem casos de contra indicação e isso deve ser seguido sem exceções. Como em pacientes com problemas renais, seja insuficiência ou pedras, a drenagem é totalmente contra indicada. Paciente com trombose também é contra indicado, devido ao risco de ter algum trombo deslocado. Hipertireoidismo também é contra indicado, pois a massagem estimula nosso metabolismo. Mas a contra indicação mais absoluta é com relação aos pacientes com câncer. Jamais, em hipótese alguma, um paciente com câncer deve fazer drenagem. Salvo os casos em que o corpo médico indica. Mas para quem ficou curioso sobre o assunto, existem outras massagens que são benéficas aos pacientes com esse problema. Mas é necessário ser feita com especialistas.

Alguns fatos e mitos sobre a drenagem. Há tantas pessoas que falam sobre isso, mas poucas estudaram o corpo humano a finco para entender o processo fisiológico dessa massagem. Portanto, muitos mitos foram criados em cima da drenagem e muitos milagres foram atribuídos à ela também. Agora quero discutir com vocês alguns deles e esclarecer de uma vez por todas tudo isso.

– Drenagem Linfática tira totalmente a celulite.

Mito. É verdade que a drenagem auxilia sim (e muito) na redução da quantidade da celulite e na melhora do aspecto da pele. Mas ela sozinha não faz milagre. O que tira completamente a celulite de um bumbum de mulher é um conjunto de ações e nosso corpo funcionando direitinho. Exercícios físicos (principalmente os aeróbicos), boa hidratação (bebendo água e passando cremes bons), alimentação balanceada (evitando os alimentos industrializados e cheios de açúcar, preferindo os naturais e integrais) e uma boa drenagem linfática, são os componentes de sucesso para alcançar o tão sonhado bumbum lisinho.

– Toda mulher deveria fazer drenagem

Fato. Com exceção dos casos onde a drenagem é contra indicada, toda mulher deveria sim fazer drenagem, pelo menos uma vez por semana, ou no máximo a cada 15 dias. Como mencionei acima, sofremos muitas alterações hormonais que fazem com que nosso organismo retenha líquidos e toxinas. A drenagem auxilia na eliminação disso.

– A drenagem emagrece

Mito. A drenagem não te faz perder gordura corporal, a massa gorda. Ela pode sim modelar seu corpo através dos movimentos repetitivos, pois massagem vigorosa faz com que nosso corpo produza colágeno, o que ajuda no combate a flacidez e sustentação da pele de dentro para fora. Mas dizer que uma pessoa emagrece fazendo drenagem é mentira. A massagem promove um desinchaço que dá a entender que a pessoa está mais magra, quando na verdade ela perdeu somente líquidos. Eu até brincava com minhas pacientes dizendo que quem emagrecia fazendo a drenagem era eu, por ficar me movimentando o tempo todo (hahaha).

– Gestante não podem fazer drenagem linfática

Mito e dos grandes. É super indicado para as gestantes fazerem a drenagem, pois com o aumento progressivo da barriga, os vasos sanguíneos (principalmente na região pélvica) ficam comprimidos, o que prejudica na circulação da paciente. Fazer a drenagem promove a movimentação e a eliminação desse excesso de líquidos que toda grávida tem. Por isso, dá-lhe fazer drenagem, mulherada.

Eu fiz a minha massagem com a Solange, lá no salão que eu amo, o Casaquinze. Se quiser agendar uma sessão, entre em contato com eles e saiba mais. Aproveite e saiba mais sobre os tratamentos estéticos que ela faz lá, incluindo muuuuitos tratamentos faciais maravilhosos. Vale a pena dar uma conferida.

 

Salão de Beleza Casaquinze by Paulo Almeida

Rua Ministro Gastão Mesquita, 622. Perdizes. São Paulo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*