Restaurantes

Tian Restaurante, em São Paulo   

Tian Restaurante, em São Paulo

 

Não sei vocês, mas gosto demais dessa história de provar comidinhas quando estou viajando (claro, dentro dos padrões que agradam meu paladar), pois acho que isso faz parte da experiência cultural do lugar. Adoro quando sou surpreendida. Confesso que eu não tinha um pouco de receio de provar pratos da gastronomia com influência asiática por conta das misturas que eles fazem entre os ingredientes. Bom, mordi minha língua. Fomos conhecer o Tian na semana passada e eles são especialistas em culinária asiática. Tudo que provamos estava excelente. Já conto tudo!

Eles levantam a bandeira de que querem aproximar os brasileiros da cultura asiática. Isso vem não só a mesa na explosão de cores e sabores que encontramos nos pratos, mas também no fato de poder compartilhar os pratos e até mesmo, comer com a mão (algo que é bem normal na Ásia). As cores do ambiente do restaurante e toda a decoração nos remetem sim à Ásia. Isso é muito bacana. Eles conseguiram transformar o Tian em um pedacinho da Ásia no coração do Itaim Bibi.

Começamos com os drinks, mas eu fiquei naquele que não tinha álcool (estava tomando antibiótico e não poderia beber). Não vou lembrar o nome, mas era Shirley alguma coisa (hahaha desculpa, minha falha). Mas ele levava soda light, morango, limão siciliano e um xarope não alcoólico de frutas vermelhas. Mas vi que eles também possuem uma versão da limonada suíça. Meu drink de mocinha estava delicioso. Nem parecia que não tinha álcool. Era lindo e refrescante. Tudo bem não ter álcool. Eles também possuem uma carta de vinhos bem extensa. Fica a dica.

Bom, provamos várias comidinhas ótimas lá no Tian. Começamos com o Tuna Nachos. São chips de massa wonton que vem com um tartar de atum bem temperadinho em cima. Para completar, o molho cremoso com chipotle. Para quem não sabe, chipotle é uma pimenta. Dos pratos apimentados da casa, esse é o mais tranquilo de comer, mas já aviso que estava beeem apimentado. A combinação de nacho com atum e com pimenta, parece loucura, mas vai por mim, você vai querer comer mais. Estava delicioso!

Depois provamos um prato chamado Linguiça artesanal e Camarão. Juro que eu fiquei com cara de “oi?!” quando vi. O Sr. Alexandre quis pedir, então arriscamos. Não sei qual é a mágica que eles fazem para chegar nesse resultado, mas acreditem… Estava fantástico esse prato. Camarão macio, o sabor da linguiça super sutil e todos os outros ingredientes (arroz wok com linguiça artesanal levemente adocicada, camarão gengibre e ovo frito por cima) estavam dançando na nossa boca. Que delícia provar tudo isso e descobrir os sabores da Ásia. Fiquei encantada e mal sabia que ainda faltavam pratos para provar.

Depois vieram umas costelinhas para a gente petiscar enquanto o prato principal (gente, é o que está no cardápio mas tudo ali pode ser entrada e tudo pode ser prato principal, pq vamos compartilhar mesmo). Costelinhas de porco cozidas e salteadas no molho barbecue caseiro. Carne macia, molho equilibrado e essa combinação não tem erro. Costela com molho barbecue sempre é sucesso. Estavam deliciosas também.

E então, decidimos pedir um dos pratos mais famosos da casa (se não for o mais famoso) e que já ganhou vários prêmios. O Pad Thai. Os ingredientes desse prato são: macarrão de arroz tailandês, camarão, frango, broto de feijão, tamarindo, limão, cebolinha nirá e amendoim. Parece uma zona, né?! É uma zona de ingredientes na verdade, mas o que as pessoas não se atentam, é que é uma zona totalmente bem pensada e bem escolhida.

O Pad Thai é delicioso. Um dos melhores pratos que já comi. Estava bem feito, os temperos apenas realçando os sabores de todo o resto. O tamarindo leve ao fundo e quando colocamos o limão por cima, parece que tudo se acende. Minha dica quando for comer esse prato é essa. Coma um pouco sem o limão para você entender e sentir o prato. Depois de algumas garfadas, esprema o limão por cima de tudo e coma. De verdade, a sensação foi essa, de ter acendido uma lâmpada no prato. Incrível como todos os sabores se realçaram ainda mais e parece que todos se abraçaram. Delícia da vida o Pad Thai do Tian Restaurante.

Ainda tinham as sobremesas, né?! Pedimos duas. Um rolinho tipo o primavera com recheio de doce de leite e com uma bola de sorvete de canela. Sim, sorvete de canela! Vocês têm ideia que do é um sorvete de canela? Juro, quando for ai Tian, peça essa sobremesa. Não vai se arrepender. É dos deuses essa combinação de doce de leite com canela. Pelo amor… E também pedimos um bolinho de chocolate com morango e calda de menta. Pois é, essas combinações maravilhosas. Estava perfeito!

Resumindo, o Tian Restaurante é uma experiência sensorial. Acho que comida asiática tem esse apelo mais sensorial. Não sei vocês, mas eu acho o máximo porque temos sim que comer com todos nossos sentidos na comida. Temos que cheirar, olhar, sentir as texturas e depois os sabores. Tudo isso faz parte de um processo para aprimorar o paladar (que eu venho fazendo há alguns anos) e evoluir com relação a gastronomia. Não podemos somente comer. Temos que cooomeeerrr. Com corpo e alma.

E essa é mesmo a proposta do Tian Restaurante. Cooooommeeerrr de verdade e sentir todas as sensações que a comida vai provocar em você. Esquentar por causa da pimenta? Fazer careta pelo limão? Fechar os olhos para saborear um pedaço de camarão tenro derretendo na sua boca? Não sei qual será a sua experiência. Contei a minha. Vá até o Tian e depois me conte a sua. Vou querer saber.

Tian Restaurante

Rua Manuel Guedes, 499. Itaim Bibi. São Paulo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*