Burgers

The Bear Burger, em Perdizes

The Bear Burger, em Perdizes

 

Quando pensamos no quesito gastronomia, somos muito sortudos por morar em uma cidade que tem ótimos restaurantes de praticamente todos os tipos de culinárias, de todas as partes do mundo. São Paulo respira gastronomia e eu sempre falo isso para quem vem visitar a cidade “coma, o máximo que puder, no máximo de lugares que puder conhecer”. Isso é muito verdade, comer bem em São Paulo é uma tarefa muito fácil.

Existe uma onda forte de burgers artesanais que invadiu a cidade já há algum tempo. Eu, como boa comilona e apaixonada por burgers, estou sempre em busca do burger perfeito. Já encontrei alguns nessa jornada e outros não tão bons. Hoje quero falar sobre um dos burgers perfeitos que, por sorte, fica praticamente do lado de casa, uma rua para baixo, aqui em Perdizes, São Paulo. Estou falando o The Bear Burger.

A casa é nova, eles abriram em dezembro do ano passado e já conquistaram as pessoas que moram por aqui. A hamburgueria está sempre cheia, seja qual for o dia. E aos poucos, eles estão organizando tudo e deixando as coisas com a personalidade de cada um dos quatro sócios. O lugar tem algumas mesas, um balcão com bar e podemos ver o chef fazendo a mágica através do vidro que tem para a cozinha.

 

Bom, já com as fotos, acredito que vocês já estejam se dando conta do que são os lanches, certo? Eles não são somente bonitos, eles são ótimos! Mas vamos falar das entradas primeiro. Batata frita nunca é demais (o Ale brinca comigo que se eu pudesse, comeria somente batata na vida, e ele não está tão errado assim hahaha). Batata frita com tomilho e alho confitado é a melhor opção, mas eles também possuem a versão com cheddar e bacon. Onion rings e coxinhas assadas de frango também fazem a festa da galera.

Antes de falar dos lanches, importante dizer que todos são feitos com carne 100% wagyu (nhaaamm nhaamm) e que o ponto do chef é aquele famoso rosado por dentro. São preparados sem conservantes, sempre fresquinhos. Todos os vegetais que eles escolhem para usar nos lanches são orgânicos e livres de agrotóxicos. Os picles são feitos por eles, com adição de cerveja e o bacon também, feito na casa com uma mistura de açúcar mascavo e melado de cana, defumado com madeira dos barris de Jack Daniel’s.

Para lanches, vai ser difícil escolher um só, portanto já programe para voltar mais vezes, ok?! Mas pode começar com o clássico, The Bear, que vem com cheddar inglês e maionese de alho negro (gente, eu nem sabia que existia alho negro o.O). Engraçado que todos os lanches possuem nomes de ursos. Catatau, Zé Colméia, Ted, Pooh, Buscapé e Panda. Um dos lanches famosos é o Catatau, que bem com queijo emmenthal alemão derretido, alface crespa, tomate, cebola roxa e a maionese secreta deles.

Mas existem muitas outras opções de lanches, não vou contar tudo. Vocês precisam ir lá conhecer. Mas fica a dica para os vegetarianos. O Panda é feito com um disco de mandioquinha com quinoa e hortelã, leva uma caponata de legumes e rúcula, servido em um pão sete grãos. É essa belezinha da foto aí abaixo. Acho que só pela foto dá vontade de saborear, né?!

 

De sobremesa, eles possuem apenas três opções, porém é o suficiente. Tem bolo de chocolate em camadas com ganache, cheesecake com calda de frutas vermelhas (esse é um clássico que dispensa apresentações) e um pudim de banana caramelizada com creme de confeiteiro e chantilly. Mas eles também possuem milk shake, de chocolate e de chocolate com um toque suave de run (que eles falam que é a versão para adultos).

Para beber, eles possuem vários tipos de cervejas que só perguntando ao atendente para saber o que tem no dia, mas Stella Artois e Heineken não faltam nunca. Para quem quiser beber algum drink, eles possuem duas versões para Gin Tônica, uma com cranberry e hortelã e a outra somente com limão siciliano e alecrim. Mas eles também possuem a opção do clássico Negroni (a bebida dos fortes hahaha). Se estiver nunca vibe mais light, ou não beber álcool, fique na Pink Lemonade. Vale a pena também.

Enfim, coisas gostosas para comer no The Bear Burger não faltam. O ambiente é super bacana, os meninos são super educados e fazem tudo com carinho e dedicação. Impossível não gostar e os valores são ótimos também. Então, ao invés de ficar comendo hambúrguer ruim por aí (nem vou citar nomes de cadeias de fast food), vai lá conhecer o The Bear Burger. Garanto que vão se apaixonar também.

The Bear Burger

Rua Caiubí, 1537. Perdizes. São Paulo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*