América

Termas de Colina, no Chile

Termas de Colina, no Chile

 

Aos poucos vou dando todas as dicas sobre os passeios que fiz lá pelo Chile. Hoje quero contar sobre mais um lugar lindo (onde tirei as fotos de moda mais lindas da vida) que fica perto (relativamente) do Embalse el Yeso que contei no último post (para quem ainda não leu, segue o link https://viagensdatalita.com.br/cajon-del-maipo-e-embalse-el-yeso-no-chile/) e dá para fazer os dois passeios em um dia só e não fica cansativo. Aliás, é para fazer os dois passeios no mesmo dia, pois para chegar até essa região de Maipo, leva algumas horas em estradas um tanto quanto rústicas. Novamente, fizemos esse passeio com os maravilhosos guias da empresa Conexion Chile, que eu recomendo com muitas estrelinhas, pois eles realmente são os melhores nessa questão de agência de passeios por Santiago.

É possível acessar as Termas de Colina o ano todo. A diferença é que durante o verão, conseguimos entrar nas piscinas termais. No inverno, é possível também para os corajosos (eu não entrei nem no verão por conta do medo de passar frio, imagina no inverno hahahaha) e para chegar até lá, sempre com empresa. Não se arrisque a ir sozinho, pois o custo disso não vale a pena. Vá com agência. As chances de se perder e o celular não funcionar, são enormes.

A região onde fica esse “complexo” de piscinas termais, é maravilhosa. Montanhas cor de terra com um certo colorido devido aos minerais que encontramos por lá. É uma paisagem mais bonita que a outra. Onde tudo se completa com as piscinas. Elas foram construídas pelo homem, porém a água que cai ali é vulcânica. O vulcão que aquece essa água se chama San José e dependendo da atividade dele, quando ela cai ali nas piscinas, pode chegar a 70oC. Logo que ela sai no primeiro cano, é muito quente, por isso ninguém entra na primeira piscina, porque é muuuuito quente. Mas a parte boa, é que tem água limpa o tempo todo.

Conforme a água vai caindo para as outras piscinas, a temperatura vai reduzindo e ficando a níveis mais agradáveis ao nosso corpo, com uma temperatura mais confortável para o relaxamento. Geralmente, a temperatura que todo mundo adora é a de 30 graus mais ou menos. Ali, estamos a 3.500 metros de altitude, portanto, prepare-se bem para o vento geladinho que sopra o ano todo (até que dei sorte e não tinha taaaanto vento assim no dia em que fomos até lá). Leve com você toalha, biquínis e roupas para se secar e se aquecer bem depois que sair das piscinas. Muito importante! Não esqueça também o filtro solar. Não existe sombra por lá o dia todo praticamente e o sol é beeem intenso.

Eu adorei conhecer esse lugar. Aliás, eu gostei de tudo que conheci ali no Chile. Um país tão fácil para a gente ir, fica pertinho do nosso e tão agradável e receptivo para os brasileiros. Adorei conhecer as Termas de Colina, adorei conhecer o Embalse el Yeso, adorei conhecer o pessoal da Conexion Chile. Enfim, adorei tudo. A água lá nas termas é realmente deliciosa e dá vontade sim e passar o dia todo lá, cozinhando em banho maria e admirando toda aquela paisagem maravilhosa e imponente que está estampada na nossa cara.

Por se tratar de algo em que as pessoas podem interagir com a natureza, mas que foi construído, existe um custo de aproximadamente 8.000 pesos chilenos para fazer a entrada lá. existe também um banheiro para se trocar e usar quando precisar. Se você fechar esse passeio com o pessoal da Conexion Chile, está incluso um monte de coisas. A entrada nas termas, traslado (com eles te buscando no próprio hotel), visita ao Embalse el Yeso, pic nic na volta (que não é uma refeição, portanto leve um lanche ou frutas com você) e muito mais. Vale a pena dar uma olhada no site deles (que vou deixar ao final do texto) para vocês terem uma ideia desse passeio e de muitos outros. Fica mais essa dica de passeio lá pela região de Santiago, no Chile. Espero que estejam gostando das dicas.

Conexion Chile

www.conexionchile.com.br e no Instagram @conexionchile

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*