Restaurantes

Restaurante La Bauhinia, em Paris

Restaurante La Bauhinia, em Paris

 

Nem sei por onde começar… Sempre que tenho que contar a vocês sobre experiências perfeitas que vivi, nunca sei por onde começar. E nosso jantar nesse restaurante lá em Paris, foi dos deuses. Na verdade, conhecer esse restaurante e especialmente, esse hotel, foi algo que sempre quis fazer e fiquei muuuuito feliz que a oportunidade veio. O La Bauhinia fica em um dos hotéis mais lindos da vida, o Shangri-la Paris.

Paris. Sempre Paris. Pois é, é um caso de amor eterno com essa cidade. E agora posso incluir mais um ingrediente especial a esse amor só aumenta à cada visita, cada dia. O restaurante La Bauhinia fica no coração do hotel, com um ambiente todo inspirado na própria flor da baunilha, para lembrar aos clientes a raiz asiática do hotel Shangri-la. As influências do restaurante são bem peculiares, com uma fusão de Ásia com França. Só indo até lá para saber.

Os pratos mantém uma linha de respeito com cada ingrediente, com cada influência. Mantendo o sabor de tudo da maneira que deve ser. E após provar todos os pratos que experimentamos, devo dizer que preservar o sabor é algo que eles sabem fazer muito bem. E elaborar bons pratos com combinações perfeitas, idem.

O ambiente do restaurante La Bauhinia é lindo demais. Existe um cúpula de vidro coroando o restaurante que foi projetada pela renomado arquiteto Maurice Gras. Essa cúpula permite que o La Bauhinia seja banhado pela luz do sol o dia todo. Tudo isso, aliado às árvores, plantas e flores que fazem parte da decoração de lá, faz com que nosso coração bata até mais forte ao observar cada detalhe com mais atenção.

Bom, acredito que nada do que eu escrever aqui vai conseguir chegar perto do que foi esse jantar, então eu vou pular logo para a parte em que eu conto de cada prato que provamos. Pode ser? =D

Para começar, eles nos serviram o couvert que vinha com alguns pães, uma manteiga francesa especial feita por eles e um molho de abóbora com um pouco de queijo por cima. Tudo isso para irmos comendo enquanto escolhíamos o vinho. Aliás… Por favor. Quando estiver pela França, faça um grande favor a você mesmo e tome muuuuito vinho francês. Nem ouse escolher de outro país. Os melhores vinhos (na minha humilde opinião) são os franceses.

O nosso vinho escolhido foi um tinto chamado Saint Nicolas de Bourgueil. Um vinho maravilhoso que é produzido na região do Vale do Loire. O que nós bebemos era da uva Cabernet Franc. Mas existem muitos outros vinhos excelentes na carta do La Bauhinia, basta escolher aquele que mais lhe agradar.

Também provamos uma salada caesar que eles serviram. Vinha com croutons, queijo parmesão, tomates cereja, folhas verdes e pedaços de frango. A apresentação da salada estava fantástica. Sabe aqueles pratos que são tão maravilhosamente lindos que dá até dó de comer? Pois é… Cada vez que um prato novo chegava à nossa mesa, dava dó de comer.

Aí para prato principal, escolhemos o mesmo. Foi um Angus de Vitela com creme de cogumelos selvagens e purê de batata. Simples, nada do outro planeta, mas estava simplesmente faaaaaantááástiiicoooo! Foi um dos melhores pratos que comemos na viagem toda. Eu sou suspeita, pois gosto demais de vitela (desculpa aí para quem não aprova) e a combinação com o purê bem leve e o gosto marcante dos cogumelos, estava perfeita.

Nessa hora, eu só conseguia pensar em tomar o resto do vinho e comer quantas sobremesas fossem possíveis. Pois bem… Foi exatamente o que aconteceu. Mas por falta de uma, provamos 2 sobremesas e mais alguns docinhos que o chef fez questão de provarmos. Um mimo, né pessoal?!

As sobremesas escolhidas para finalizar nosso jantar no La Bauhinia em Paris, foram essas. Apple Tart (que é uma torta com maçã confitada, sorvete de baunilha e caramelo derretido) que estava um verdadeiro atentado, de tão boa que estava.

E também pedimos uma sobremesa chamada Vibrato Sphere Trio (que são 3 bolinhas de chocolate mousse com chocolate derretido no meio e cardamomo e praline). Nem sei o que dizer de tudo isso… De verdade.

Para finalizar, os docinhos que eu disse ali em cima que o chef nos mandou. Foram 4 tipos de docinhos, incluindo macarons, uma tortinha de mousse de chocolate, um canapé com creme de baunilha e framboesa, e uma tortinha de limão com doce de leite. Foi uma pena não ter consigo comer tudo o que ele mandou, pois a essa altura do campeonato, meu estômago estava quase explodindo. Mas provei um pedacinho de cada um e estava divino. O macaron estava maaaaravilhoso!

Espero ter conseguido passar a vocês todas as coisas boas que vivemos durante esse jantar lá no restaurante La Bauhinia. Com certeza, ele entrou na lista dos melhores jantares da vida, por tudo o que ele representou. Um restaurante fantástico dentro de um hotel ainda mais fantástico e tudo organizado e servido de maneira perfeita. Impossível não cair de amores, ainda mais. Mal posso esperar para me hospedar no hotel Shangri-la e conhecer todos os outros restaurantes (incluindo aquele que tem 2 estrelas Michelin).

Já falei demais. Anote na sua agenda para reservar alguns euros quando estiver por Paris, para ir jantar nesse restaurante. Posso lhe garantir que vai valer cada centavo (mesmo que esse centavo seja em euro hahahaha). Paris é demais. O hotel Shangri-la é demais. O Restaurante La Bauhinia é demais.

La Bauhinia Restaurant

10, Avenue d’Iéna. Paris. France. (fica dentro do Hotel Shangri-la)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*