Europa

Passagem por Luxembourg

Luxembourg é uma cidade que devemos perder apenas poucas horas nela. E basta!

Quando sai de Paris, resolvi que deveria ficar um dia em Luxembourg, capital de um país com o mesmo nome. Aliás, vou falar um pouco desse país que é bem peculiar.

Luxembourg é o único país no mundo que possui uma democracia parlamentar, o que significa que o governos é comandado pelo Grão Duque. O país é bem pequeno, com 82km de norte a sul e 57km de leste a oeste. Se você alugar um carro, pode conhecer o país todo em um dia, se tiver ânimo para isso. É dividido em 3 parte, Grevenmacher, Diekirch e Luxembourg. Os idiomas variam, eu escutei tanto francês quanto alemão, mas todo mundo por lá fala inglês e isso eu achei o máximo.

Luxembourg é um importante centro financeiro, não só da Europa, mas como todo o mundo. Muita gente gosta de levar seu dinheiro para lá, por ser considerado um “paraíso fiscal”. Será que tem dinheiro de político brasileiro em algum dos bancos?

Eu me hospedei no Youth Hostel Luxembourg, e foi o melhor que consegui dentro dos padrões de normalidade. Os hotéis são caríssimos e até os famosos meia-boca, eram muito caros. Preferi o hostel justamente por isso, o custo benefício era o melhor.

A cidade é lindíssima. Organizada, limpa e tranquila até demais. Mas é linda, paisagens lindas e até mesmo o centro da cidade, não parece um centro, pois é tudo muito limpo e bonito.

Mas pessoal, a menos que seu sonho seja conhecer essa país de cabo a rabo, ou morar aqui (vai entender), não vale a pena passar a noite por aqui. Você pode passar o dia, deixando sua bagagem em algum locker, ou fazer um bate e volta de Paris ou de alguma cidade da Alemanha, como Colônia (ambas ficam a pouco mais de 2h de viagem de trem). Eu não deveria ter passado a noite, deveria ter seguido viagem para a Alemanha, mas tudo bem, vivendo e aprendendo.

Por incrível que pareça, em Luxembourg, as pessoas mais legais que encontrei, eram de fora. Os próprios moradores daqui, são chatinhos. O hostel era chato, cheio de regras chatas. Fiquei p*** da vida quando deu meia noite, eu trabalhando no computador, e um senhor de idade, chaaaaato, apagou a luz do lobby do hostel. Que falta de educação! Ainda bem que ele não entedia português, porque dei umas xingadas (hahahahaha).

Bom, Luxembourg não tem segredo. As paisagens são bonitas, mas nem tanto assim. Tire algumas fotos, caminhe bastante, veja os contrastes com as paisagens naturais e os bancos que existem por toda parte do centro, coma alguma coisa e vá embora.

Ah! Um fato muito importante. Prepare o bolso! Luxembourg é uma cidade cara. Para se alimentar, é mais cara que Paris, por exemplo. Aliás, todo mundo fala que Paris é uma cidade cara para comer, eu não acho. Comparando com outros lugares, como Luxembourg mesmo, ou as cidades da Suíça, Paris não é cara. Exemplo prático.

Comi em uma brasserie em Luxembourg (que geralmente serve comida ok, não espetacular, mas uma comida honesta) e gastei quase 30 euros (prato de presunto com batata frita que é uma das especialidade deles que achei nada demais). Se fosse em Paris, eu gastaria algo em torno de 10 a 15 euros. Metade! Enfim… Fica a dica.

Bom, não tem mais o que falar sobre Luxembourg. É uma cidade que eu não voltaria, que eu achei bem chatinha (por conta do que tem para oferecer aos turistas e pelos moradores) e sem aquele brilho de alguma especial para nos encantar.

Já dei o checked nesse país, está bom (hahahahaha).
Se você também já visitou Luxembourg e tem uma opinião diferente, me escreva. Vamos discutir. Minha impressão pode estar errada.

Beijos no coração de vocês! E aguardem os próximos posts.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.