América

Parque Nacional Terra do Fogo, em Ushuaia

Parque Nacional Terra do Fogo, em Ushuaia

 

Como prometido, vou contar a vocês sobre os passeios que fizemos durante nossa viagem ao Ushuaia, no fim do mundo, literalmente. Já contei sobre a Navegação no Canal de Beagle e agora quero contar sobre o passeio que fizemos pelo Parque Nacional Terra do Fogo. Um lugar maravilhoso, lindo e cheio de histórias. Sim, é um parque nacional, mas tem um monte de coisas para fazer, conhecer e muitas coisas já aconteceram por lá, que definiram o que Ushuaia é hoje. Vou contar tudo aqui nesse texto (espero não esquecer nada, pois realmente é muita coisa para escrever).

No extremo sudoeste da ilha de Terra do Fogo, encontramos o Parque Nacional, próximo a cidade de Ushuaia. São mais de 70 mil hectares de bosques patagônicos por todos os lados. É possível chegar ao parque de diversas maneiras, mas a forma mais comum é mesmo de carro ou van. No nosso caso, chegamos até lá com a van do hotel Los Cauquenes, que nos levaram para fazer esse passeio tão lindo. Estávamos com dois guias do hotel e eles nos contaram tudo sobre a região. Fizemos algumas paradas e também fizemos o passeio no Trem do Fim do Mundo, que é o trem literalmente, mais ao sul do mundo.

Durante esse passeio do trem, passamos por diversas paisagens, bem no meio do parque. Ali não é igual a África que vemos animais por todos os lados o tempo todo. Ali são poucos animais, vimos muitos cavalos selvagens e muitas aves de rapina como gaviões e águias. De resto, não vimos nenhum. Talvez o clima mais frio afaste diversos animais que preferem climas mais quentes.

Esse passeio no Trem do Fim do Mundo foi bem interessante. Na verdade, Ushuaia começou a ser criada e crescer, devido a um presídio que o governo da Argentina criou por lá, muito anos atrás. Os presos tinham que fazer seus trabalhos e maior parte das tarefas, se passavam dentro do Parque Nacional Terra do Fogo. E adivinha como os presos chegavam até o Parque! Sim, com o trem. O Trem na verdade foi criado para transportar os presos até as localizações dentro do parque, para que eles pudessem trabalhar. Quebrar pedras, cortar os troncos das árvores para fazer de lenha, etc. Era o dia todo ali, fazendo frio ou muito frio (nem dá para falar em calor em Ushuaia, pois mesmo no verão as temperaturas ficam em torno dos 15 graus), trabalhando sem cessar. E o pior de tudo, é que muitos daqueles presos, eram inocentes.

Após o passeio de trem, no Trem do Fim do Mundo, seguimos para outras atrações lá no Parque Nacional Terra do Fogo. A primeira parada depois do trem, foi no Lago Acigami. Esse lado tem 40% de seu território pertencente à Argentina e 60% ao Chile. Um lugar lindo que deve ficar ainda mais bonito durante o verão e com sol. Quando fomos, ali estava algo em torno de 2oC e a água daquele lago foi uma das mais geladas que pude colocar a mão ever.

Para vocês terem uma ideia do quanto estava frio. Paramos ali para fazer um pic nic e almoçar os lanches e petiscos que o pessoal do hotel tinha levado para a gente. Colocamos a cerveja enterrada na beira da baía, para gelar. Acredita nisso? Foi sensacional. Fiquei imaginando como seria ali em um belo dia de sol.

Depois fomos para a casa de correios mais ao sul do mundo. Sim, eles funcionam e lá a gente paga alguns pesos e pode carimbar o passaporte com um carimbo oficial de que você esteve no fim do mundo. Duas dicas! Não esqueçam o passaporte quando forem fazer esse passeio, ok?! O Alê e eu esquecemos, mas na verdade ninguém nos avisou. E leve dinheiro vivo em espécie. Eles não aceitam cartão na maioria dos lugares, portanto é mais fácil já levar tudo em espécie e não passar por problemas ou chateações, caso queira comprar alguma coisa por lá, seja de lembrança ou até para comer/beber.

Por fim, nosso passeio acabou no fim do fim do mundo. Num lugar chamado Baía Lapataia. Esse lugar é o fim do fim do mundo, pois é a parte mais ao sul do continente, na parte de Ushuaia. Portanto, estando ali, você literalmente está na ponta do mundo, no fim do mundo. Por incrível que pareça não venta tanto, mas é bem frio. Além de ser um lugar lindo demais. Tem alguns caminhos ali para a gente ver mais de perto aqueles caminhos que o rio faz para se encontrar com oceano. É beeem bacana.

Bom, acho que com essas dicas vocês já captaram que visitar o Parque Nacional Terra do Fogo é de lei, não é?! Tem que fazer esse passeio quando estiver visitando o Ushuaia. Esse lugar maravilhoso que conquistou o nosso coração, nos surpreendeu a cada visita, a cada passeio e todos os dias. Um lugar que tem muito mais do que frio para nos presentear. Tem história, tem personalidade e tem muita gente que faz desse lugar o que ele é. Fica aqui a dica bem preciosa para você, turista aventureiro. Visite o Parque Nacional Terra do Fogo em Ushuaia. Tenho certeza de que não vai se arrepender. <3

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*