Brasil

Os passeios para fazer em Canoa Quebrada

Os passeios para fazer em Canoa Quebrada

 

Como prometi no post anterior sobre Canoa Quebrada, quero contar hoje sobre os passeios que podemos fazer uma vez que estivermos por lá. Entre um mergulho e outro naquela praia maravilhosa, entre um bronzeado e outro, entre uma caipirinha e outra, podemos fazer muita coisa para explorar a região da praia de Canoa Quebrada. Vou contar tudinho a vocês.

 

Algo que você precisa fazer independente de qualquer coisa é um passeio de buggy. Seja de manhã, ou seja ao final do dia para ver o pôr do sol. Passear de buggy pelas dunas é algo obrigatório quando se está em um lugar que tem dunas. Certo? Certíssimo! Então aproveite. Existem diversas empresas que fazem esse passeio (em alguns momentos achei que tinha maus bugueiros do que turistas), mas eu recomendo duas que fiz e amei! A empresa Arriégua e a empresa Lua e Estrela. Profissionais qualificados, educados e atenciosos. Vale a pena. Aliás, nós só ficamos com essa empresa, então vou contar sobre os passeios que eles fazem por lá.

A empresa Arriégua é uma das maiores lá em Canoa Quebrada. Eles possuem diversos tipos de passeios, como buggy, quadriciclo, etc. E eles criaram um lugar com uma lagoa no meio do nada, no meio do “deserto” de Canoa Quebrada, um pouco afastado da praia, então só podemos chegar lá de quadriciclo ou buggy mesmo. Se chama Paraíso Arriégua. É um lugar que podemos almoçar, descansar, tomar água de coco e drinks. É uma delícia.

Durante os passeios de buggy ou quadriciclo, podemos passear pela praia e ir até alguns pontos turísticos da região que não conseguiríamos chegar caminhando ou de carro. Alguns dos lugares básicos são:

– Duna do pôr do sol

– Monumento da lua e estrela (símbolo de Canoa Quebrada)

– Parque eólico (mas não é todo mundo que leva)

– Ir até a tirolesa no meio das dunas

– Mais dunas

– Ir até o Rio Jaguaribe

E muitos outros locais que podemos ir de buggy, até visitar praias mais distantes como Ponta Grossa ou Morro Branco. O bacana é sempre agendar antes de chegar lá em Canoa Quebrada, pois dependendo do que você quiser fazer, precisa de uma certa  preparação. Então, entre em contato com o pessoal dessas duas empresas que indiquei e vai dar tudo certo. Eles são uns amores e vão cuidar muito bem de todos.

Outro passeio super bacana que fizemos, foi um com o pessoal da empresa Lua e Estrela, que durava algumas horas. Na verdade, durou a tarde toda. Fomos de buggy até o Rio Jaguaribe, pela praia todinha de Canoa Quebrada e passamos dentro do parque eólico (foi demais ver aqueles gigantes rodando e rodando) e chegamos até a lancha que eles iam nos levar a um passeio pelo rio.

Vimos o encontro do mar com o rio e todas aquelas ondas agitadas por conta disso. Depois paramos para almoçar no restaurante que fica à beira do rio, chamado Restaurante do Raimundinho. Comida simples, barata e bem típica da região (nem pense em pedir algo diferente de frutos do mar ou peixe). Depois eles nos levaram até um lugar chamado “Canal do Amor” onde podíamos nos jogar no rio e nadar à vontade.

Obviamente meu namorado foi o primeiro a pular no rio (ele é completamente apaixonado por rios e cachoeiras) e eu, a medrosa, entrei só depois que todo mundo pulou e ninguém foi comido por anacondas (hahahaha brincadeira, mais ou menos). Mas a água era bem salobre e não tinha como afundar. Mesmo eu morrendo de medo de animais obscuros que podem existem dentro de um rio, eu gostei bastante.

E depois desse mergulho, fomos de lancha conhecer mais alguns pontos importantes do rio e o seu delta. Ao final, voltamos de buggy para o ponto de partida. Foi muito legal fazer esse passeio e ver todos os contrastes de paisagens que existem lá em Canoa Quebrada. Num canto temos falésias, no outro geradores eólicos no meio de infinitas dunas. Depois mais dunas, uma praia enorme e linda que numa ponta se encontra com um rio igualmente lindo. Coqueiros, algumas árvores típicas, etc. Foi maravilhoso.

Portanto, existem muitos passeios para se fazer em Canoa Quebrada. Não fizemos o de parapente, que deve ser beeeem bacana também. Mas os passeios que acrescentamos à nossa conta, foram demais. Impossível não achar que eles foram a cereja do bolo da nossa viagem. Gostei muito de ver tudo e pilotar de novo um quadriciclo (hihihi). Vale a pena fazer o máximo de passeios que vocês puderem. =)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*