Rocktrip

Os meus favoritos no mundo do rock

Os meus favoritos no mundo do rock

 

Os meus favoritos no mundo do rock são apenas 4. Os outros ficariam misturados em um grupo de bandas e artistas que eu sou completamente apaixonada. Mas esses 4 aqui embaixo, mexem comigo em um nível muito mais elevado. É como se eu tivesse conhecido cada um deles pessoalmente, como se cada um deles fizesse parte da minha vida até hoje. É como se cada música que eu escutasse, me provocasse uma sensação diferente, como os acordes do Jimi que consigo até sentir o que ele estava sentindo quando compôs aquilo. Enfim… Esses são meus favoritos. Uma lista com escolhas e razões totalmente pessoais.

– Led Zeppelin

Quando conheci o Alexandre, uma das primeiras coisas que ele me disse foi “que legal você também gosta de Led Zeppelin”, eu respondi “é minha banda favorita”, e ele devolveu “é a minha também”. O resto da história vocês já sabem e estamos casados hoje. Led Zeppelin é minha banda favorita. Não consegui encontrar uma música dessa banda (e olha que tem música hein) que fosse menos do que maravilhosa, até aquelas super lado b. Não é à toa que na nossa coleção de disco de vinil aqui em casa, o Led Zeppelin ganha disparado em número. Os vocais do Robert, a bateria do John, a guitarra do Jimmy, o talento do outro John, tudo isso se transforma em algo que aos meus ouvidos, é perfeito.

– The Doors

Quando escuto a voz do Jim Morrison, tenho vontade de me derreter de uma forma que pudesse entrar no meio das notas que ele cantava e ficar lá, de boa, dançando e sendo acariciada pela voz dele. Esse cara faz meu coração bater mais forte, até quando fui visitar o túmulo dele no cemitério em Paris e chorei de emoção. As músicas que o Jim compunha, eram intensas e com  muita personalidade. As músicas que a banda gravava, eram marcantes, cheias de sentimentos e muitas vezes (na maioria das vezes) confusos e bipolares. Mas no final, o resultado era espetacular. Coloco o The Doors em 2º lugar, mas eles vivem mudando de posto com o Led. Tem dias que eu só quero escutar a voz do Jim cantando no meu ouvido.

– Janis Joplin

Essa mulher, para mim, é a maior cantora que já existiu nesse planeta. A voz dela, não consegue ser comparada com nenhuma outra. A única que chegou perto da genialidade e talento que a Janis tinha, foi a Amy Winehouse, porém eram estilos diferentes e cada uma tinha sua personalidade. De resto, nenhuma. Janis era uma mulher com sentimentos e ela deixava isso transparecer em suas músicas. Ela amava ser livre e amava livremente. Acho que a palavra que ela mais gostava era realmente liberdade. Janis era excepcional e fazia o que queria com sua voz tão perfeita. Ela era (e vai continuar sendo para sempre) maravilhosa.

– Jimi Hendrix

Outro cara que se destacou por ser simplesmente o melhor. Ninguém conseguiu fazer o que esse cara fazia com uma guitarra nas mãos. O melhor guitarrista que já existiu, disparado. Claro que existem outros maravilhosos (como o próprio Jimmy Page que mencionei ali em cima), mas Jimi era um cara diferente. Ele tocava sua toda sua alma, com toda sua essência. Ele ateou fogo na guitarra porque sentiu que precisava fazer aquilo, não para se aparecer. Tudo que ele criou é admirado e respeitado até hoje e tenho certeza que continuará assim para sempre, assim como tudo que os outros artistas que mencionei. Esses caras aqui, são fantásticos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*