Dicas

O que todo viajante deve saber antes de cair na estrada

O que todo viajante deve saber antes de cair na estrada

 

Ser um viajante profissional é uma delícia, mas se você não tomar cuidado com algumas coisas, tudo pode se tornar um pesadelo. É preciso ter jogo de cintura, ser esperto e atento, para que tudo saia do jeitinho que você sempre sonhou e sua viagem seja perfeita. Sozinho, com família, com amigos… Seja qual for a forma, seja qual for o destino, se seguir essas dicas básicas de “sobrevivência”, será sucesso!

– Tente saber (pelo menos um pouco) outro idioma

Fica difícil nos comunicar sem saber ao menos o básico do idioma do país em que estamos, mas não é impossível se você souber um pouco do inglês, que é tipo um idioma universal. Sempre terá alguém que fala inglês. Então tente ao menos saber um pouco, até mesmo para demonstrar um pouco de respeito e interesse ao local em que está.

– Tente deixar sua mala o mais leve possível

Para os homens, tarefa super fácil. Para as mulheres… Bem difícil. Afinal, levamos trocentos cremes, cinto que combina com a blusa, que combina com a bota, que combina com a calça, que combina com o chapéu, etc. O segredo é levar peças que se combinem entre si. Tudo combinando com tudo é a minha definição de mala perfeita. E a questão dos produtos, pequenos potes ajudam a não levar mais do que o necessário. Não se esqueça de que tudo que levar, você terá que carregar.

– Conheça a cultura do país antes de estar nele

Leia sobre tudo antes de embarcar, para evitar surpresas. Saiba tudo sobre a religião predominante (principalmente para os países muçulmanos), sobre a gastronomia (para já ir preparando o seu estômago), sobre os costumes (tipo de roupa que deve usar em cada local, etc), sobre absolutamente tudo. É o mínimo que deve fazer. Acredite em mim, isso pode te salvar de saias justas.

– Não tenha vergonha de fazer perguntas

Pergunte para os estranhos (aqui encontramos a importância do primeiro item que citei), para o tio da banca, para a tia da loja de chocolate, para quem for preciso. Se tiver alguma dúvida, principalmente sobre os caminhos que deve encontrar, pergunte. Pergunte sobre as coisas do cardápio também, para evitar que peça algo que não goste de comer e sobre os valores. Não tenha vergonha e solte a língua para se dar bem.

– Seja adaptável

Mudanças podem acontecer e você precisa estar preparado para essas alterações e se adaptar se for preciso. Mas sempre com jogo de cintura e calma. Se houver overbooking, atrasos, cancelamentos, se passar mal por algum motivo, se perderem sua mala, etc. Não se desespere. Tudo vai dar certo se você se adaptar e resolver tudo da melhor maneira possível. Imprevistos acontecem sempre, no final dá tudo certo.

– Tenha noção do que acontece ao seu redor

Prestar atenção em tudo que acontece ao seu redor é sempre importante. Alguns oportunistas se aproveitam de quando menos esperamos para aplicar um golpe, ou até mesmo nos furtar. Mas não é só para sua segurança, também precisamos prestar atenção nos costumes e no comportamento das pessoas ao seu redor. Tudo para que sua viagem seja mais proveitosa e mais segura.

– Não vacile, não se distraia

É comum ficarmos tão maravilhados com algum lugar, que nos perdemos admirando isso. Quem não ficaria babando ao olhar pela primeira a Torre Eiffel em Paris ou a Sagrada Família em Barcelona? É normal, você não é o único. Mas são nesses momentos que os famosos pickpockets fazem a festa. Mais conhecidos como trombadinhas. Não fique tão distraído, e se o fizer, agarre o zíper da sua bolsa para que ninguém mexa nela (hahahaha).

– Conheça seus limites e não os desafie (pelo menos não muito)

Todo mundo sabe que os nossos limites foram feitos para serem desafiados. Mas não tem muito sentido provocar uma situação em que você pode se dar mal, estando longe de casa, em outro país, sem ninguém por perto para te ajudar caso algo dê errado. Pense bem. Não faz sentido algum, não é?! Então, esteja atento a isso também.

– Seja organizado em todos os quesitos de sua viagem

Claro que algumas coisas podem passar, mas tenha controle disso também. É preciso ter tudo organizado, a menos que queira ter bastante adrenalina e perrengue em sua viagem. Reservar os hotéis, saber como vai chegar, como vai se locomover, as atrações que quer conhecer, quanto vai gastar por dia e tudo mais. Importante demais ter essa organização, para que sua viagem seja melhor ainda.

– Esteja aberto para novas culturas e experiências

Viajar é basicamente isso. Conhecer e viver novas culturas. É demais pensar em comer algum prato especial do país que estiver e entender toda a história por trás disso. É lindo sentar em um café e apenas sentir a brisa da cidade, como qualquer local faria. Mas também é preciso entender (principalmente respeitar) os costumes de cada país, para que nossa mente esteja aberta.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*