Moda

O que é Alta Costura

O que é Alta Costura

 

Hoje, segunda-feira dia 22 de Janeiro de 2018, começa lá em Paris a tão aguardada Semana da Alta Costura. Mas aí você deve estar se perguntando o porquê de ter uma semana todinha especial somente para a Alta Costura francesa. Bom, para começar, a Alta Costura é realmente especial e é sobre isso que quero contar a vocês. Essa semana é totalmente diferente das demais semana de moda.

O termo “Alta Costura”, ou em francês Haute Couture, é realmente um termo francês. Eles escolheram esse termo para que fosse usado em um seleto grupo de marcas, em um ainda mais seleto conjunto de peças. Não é qualquer marca que pode entrar para esse grupo, pois existem diversas exigências a serem executadas. Não é tão simples e grandes marcas, como a Louis Vuitton, não faz parte disso.

Em primeiro lugar, as peças precisam ser feitas em pequena quantidade e de forma artesanal. Ou seja, a peça precisa ser praticamente esculpida. Linhas de montagem em grande escala não cabem aqui. São modelos exclusivos, geralmente feitos sob medida para o cliente, ou também para eventos de gala ou black tie. Podem apresentar bordados de pedrarias ou metais preciosos, por isso os valores de cada peça são extremamente altos. Pasmem, um vestido assinado por Yves Saint Laurent já foi vendido por 800 mil dólares.

Para a alta costura, existe também um tratamento especial aos tecidos e uma escolha ainda mais criteriosa sobre os mesmos. É sempre o melhor do melhor quando se trata de Alta Costura. É o melhor da moda, o que existe de mais refinado a ser produzido. Como mencionei acima, é feita para um público seleto e com alto poder aquisitivo. Não é uma roupa que você encontrará na vitrine de uma loja qualquer, mesmo que seja da mesma marca, como Chanel.

Antigamente, as exigências para participar desse grupo seleto de grifes, era bem pior. Mas foram criadas para preservar a Alta Costura, já que Hitler queria que ela migrasse para a Alemanha (oi?!). Então, o ateliê tinha que estar localizado no Triângulo de Ouro (as três avenidas mais luxuosas de Paris) e em prédio próprio, ter 20 funcionários e apresentar 50 looks por temporada. Isso tudo durou até 2001. Hoje em dia está mais tranquilo.

Existem algumas marcas que possuem somente a parte de Alta Costura e outras (maioria) que possuem as duas partes, aquela que é feita para a Alta Costura e aquela que é feita para nós mortais (ou não). Grifes como Chanel, Christian Dior, Christian Lacroix, Jean Paul Gaultier e Givenchy, são algumas das mais prestigiadas marcas francesas que fazem parte desse grupo permanente, e os desfiles são disputados. Todo mundo que é louco por moda, sonha em assistir um desses desfiles de perto. Algumas marcas são permanentes nesse grupo por conta de toda sua história dentro do universo fashion.

Existem os correspondentes, que não são franceses, mas conseguem executar com perfeição as exigências necessárias. Porém possuem seu endereço próprio em sua país de origem, como o Armani Prìve, Elie Saab e Valentino. Além desse grupo, também existem os convidados a participar dos desfiles. A associação estuda para saber se as coleções se encaixam no perfil de Alta Costura e o estilista apresenta sua coleção lá. Imagina a honra.

Como disse no começo, essa semana começa a Semana de Alta Costura de Moda de Paris. Alguns influencers de moda como a Camila Coelho e a Chiara Ferragni estão por lá e vale a pena ficar de olho no Instagram delas, para acompanhar pelos stories. Elas são ótimas e com certeza estarão apresentando belos looks e indo aos melhores lugares, definitivamente. Quer saber a agenda dos desfiles? Está aí embaixo.

Agenda dos desfiles dessa semana de Alta Costura de Paris. (Coloquei somente o nome das marcas, pois os horários são diferentes daqui).

 

Segunda 22: Schiaparelli. Iris Van Herpen. Georges Hobeika. Christian Dior. Proenza Schouler. Ralph & Russo. Antonio Grimaldi. Giambattista Valli. Yuima Nakazato.

 

Terça 23: Chanel. Alexis Mabille. Stéphane Rolland. Julien Fournié. Ulyana Sergeenko. Giorgio Armani Prìve. Aexandre Vauthier. Givenchy.

 

Quarta: 24: Maison Margiela. Franck Sorbier. Elie Saab. Galia Lahav. Jean Paul Gaultier. Viktor & Rolf. Zuhair Murad. Valentino. Azzaro. Guo Pei.

 

Quinta 25: RVDK Ronald Van der Kemp. Hyun Mi Nielsen. Af Vandervorst. Maison Rabih Kayrouz. Christophe Josse. Xuan. Noureddine Amir.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*