Europa

Londres para Iniciantes

Que tal uma parada em Londres?
Falar de Londres é sempre muito bom. É uma das minhas cidades favoritas no mundo e um dos motivos pelo qual amo Londres, é que não existe meio termo, ou você ama, ou você odeia. No meu caso, eu amo! É uma cidade cheia de história (trágica em diversos momentos) e ao mesmo, é uma das mais cosmopolitas do planeta. Tudo cabe em Londres. É como se a cidade tivesse diversos lados e cabe a cada um, descobrir seu lado preferido.
Londres é a capital e maior cidade da Inglaterra. É lá que está localizado o Palácio de Buckingham, onde mora a família real inglesa. Sim, a Beth e seus parentes moram todos lá. A moeda corrente é a libra esterlina e o idioma oficial é o inglês britânico.
Ser turista em Londres é muito fácil. Muito fácil mesmo. É uma cidade projetada para facilitar toda a locomoção que você escolher, seja ela metroviária ou rodoviária. Os táxis também são ótimos se quiser um pouco mais de conforto. Mas se optar pelo metrô, sentirá na pele o que é ser um autêntico londrino. Distribuído em 270 estações e mais de 400km de linhas. Você pode ir para todos os cantos da cidade de metrô. Aconselho você a comprar o cartão pré-pago do Oyster, onde você carrega o valor que quer e passa na catraca eletrônica, e você também pode usá-lo nos ônibus.
Por onde começar a sua visita em Londres?
É uma pergunta difícil. É uma das cidades com mais variedade e opção de atrações turísticas! Mas vou responder de acordo com o que eu fiz quando estive por lá.
Se o dia estiver lindo e com sol (o que exige sorte, e no caso eu tive), aconselho começar pelo básico, mas que todo turista em Londres deve fazer. London Eye. Sim, é batido mas eu acho que deve ser feito, principalmente se o céu estiver limpo. Trata-se de uma das maiores rodas de observação do mundo. Lá você terá uma vista linda do Parlamento, Big Ben, Rio Tâmisa e boa parte da cidade. É lindo.
Dali, você pode ir até o Aquário de Londres, que é uma graça e bem divertido. Ou pode ir caminhando e já conhecer outros locais obrigatórios para uma primeira visita. Passe pela frente do Parlamento e tire fotos do Big Ben.

Caminhe mais um pouco e veja por fora a Abadia de Westminster. Digo por fora, porque eu acho que não vale a pena entrar. Não tem nada de mais e ela só ficou conhecida porque o príncipe William se casou lá.
Existem muitos parques espalhados pela cidade. Todos eles ficam lotados de pessoas largadas no chão e fazendo pic nic quando está calor e fazendo sol. Os londrinos adoram fazer isso. Eles adoram o sol e é como se eles voltassem à vida quando as temperaturas aumentam e o verão chega. O clima em Londres é geralmente frio, chuvoso, nublado e com as nuvens grossas escondendo o sol. Por isso um dia ensolarado é tão comemorado. Aproveitando, muitas pessoas não gostam de Londres justamente por isso. Sinceramente? Essas pessoas não sabem de nada. O charme de Londres é exatamente esse. Ela é a prova de que uma cidade pode ser charmosa mesmo com tanta timidez solar.
Museus!

Ir para Londres e não visitar algum museu, é um sacrilégio! Mesmo que seja apenas a National Gallery (que é um museu fantástico, recheado de obras de artes igualmente fantásticas), mas não faça isso com você mesmo. Escolha alguns dos tantos museus que existem por lá, e vá enriquecer seu conhecimento.
São tantos museus, que isso merece uma matéria completa somente sobre esse assunto. Aguarde.
Londres é uma cidade que pode agradar todos os gostos. Se você procura um bom lugar para fazer compras, recomendo uma volta pela Piccadilly e pela Oxford Street. Nesses dois lugares você vai encontrar lojas enormes e galerias para fazer compras. Se quiser comprar roupa boa e barata, vá até a Primark. Com 50 pounds (libras) você sai com a sacola cheia de roupas. Mas se o seu intuito é comprar das melhores lojas de grife do mundo, vá até a Bond Street, que é simplesmente um dos endereços mais caros de todo o mundo e concentra lojas de todas as grandes grifes.
Na Oxford Street você vai encontrar de tudo. Tudo mesmo! Lojas de brinquedos, perfumarias, lojas de roupa, artigos esportivos, calçados, entre outros. Se quiser caminhar por algo parecido com os nossos shoppings, vá até a Galeria Selfridges e caminhe pelos tantos andares do prédio. É bem divertido.
Mas, se o seu intuito é diversão, Londres não te deixará na mão. Centenas de pubs (infelizmente, muitos estão fechando as portas devido a crise financeira que ainda existe por toda Europa), restaurante e clubs. Você pode visitar em uma noite, quantos pubs quiser.
No bairro de Camden Town você encontrará muita coisa para fazer, mas nesse bairro (onde a cantora Amy Winehouse morava quando estava viva) as coisas são mais alternativas. O que é legal também, para se conhecer diversos tipos de culturas e tribos de comportamento. Se quiser sentir a presença forte da figura da cantora Amy, visite o pub The Hawley Arms, em Camden Town mesmo. Era o pub que ela mais frequentava e que também ajudou a reformar. Fotos espalhadas de artistas pela parede, ajudam na decoração e mexem com nossa imaginação. A comida é ótima e o cardápio de bebida também.
Ainda existe muito a se falar de Londres. Mas acho que já deu para você sentir um pouco sobre o que é essa cidade. Ela te pega pelo pé, sem que você perceba e quando vê, já está caindo de amores por ela, desejando morar lá por tempo indeterminado. Prometo que em breve falarei dela mais um pouquinho. Sempre com muito carinho.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*