Dicas

Hospedagens Coletivas valem a pena?

Hospedagens Coletivas valem a pena?

 

Difícil responder essa pergunta, pois existem diversos prós e diversos contras. Vou tentar listar todos eles para vocês entenderem como esse tipo de hospedagem funciona. Quando digo hospedagem coletiva, estou querendo dizer sobre os hostels. Que são conhecidos também como albergues da juventude. Assim, é um tipo de hospedagem perfeita para aqueles jovens que querem muito se aventurar no mundo, mas a grana está apertada. Geralmente, o tipo de hospedagem que os viajantes solitários e os grupos de amigos, escolhem. Já conto os porquês.

Antes de mais nada, devo deixar algo muito claro. Se você é uma pessoa que gosta de conforto, não quer aventura, quer mais privacidade, detesta dividir banheiros ou se irrita com muitas pessoas desconhecidas à sua volta, então hospedar-se em um hostel não é a sua cara, definitivamente. Geralmente, as pessoas com um pouco mais de idade (entende-se acima dos 30), gostam de passar as noites de sua viagem em um local mais tranquilo, reservado, confortável e com um banheiro exclusivo. Ou seja, preferem um hotel com algumas estrelas em seu nome. Na verdade, as pessoas com mais de 30 geralmente tem mais grana para gastar e quando viajam, gostam de se dar ao luxo de se hospedar em algum lugar bacana e não correr o risco de passar perrengues.

O que é normal. Eu estou nessa fase agora, mesmo quando viajo sozinha, não quero mais ficar em hostels, simplesmente porque minha fase passou. Gosto de ter meu canto, gosto de dormir sem ter a chance de haver roncos de desconhecidos ao meu lado. Principalmente quando viajo com o Ale. Nada a ver dividir quartos com outras pessoas. Mas já tive minha fase de hostels e foi bem divertida.

Quando se está viajando sozinho e se é jovem, é claro que a melhor opção é ficar em hostel, de preferência algum que seja bem bacana, com estrutura de bar, balada, etc. Claro, quando se é jovem, podemos ficar em qualquer lugar, dormir em qualquer canto e ainda sorrir, pois tudo é festa e vale a pena pela viagem. Claro que também tem o fator “dinheiro”, pois geralmente os mais jovens não tem tanto dinheiro para gastar em hospedagens em hotéis.

Ficar hospedado por alguns dias em um hostel em um país diferente, é uma experiência fantástica. Todas as vezes que me hospedei em algum hostel, fiz amizades que duram até hoje e sempre me diverti muito. Na hora do café da manhã, você pode dar “bom dia” em muitos idiomas, pois sempre tem pessoas de muitas nacionalidades e todos com muitas histórias para contar. O bacana é que você também acaba recolhendo experiências para contar suas próprias histórias.

É viver e aprender. Nas minhas andanças pelo mundo, descobri que, você sendo mulher, não é legal pegar um quarto compartilhado com homens, pois eles geralmente roncam e eu tenho muito problema para dormir, especialmente quando tem alguém fazendo barulho ao meu lado. Acredito que não estou sozinha com esse problema. Portanto, dica para as mulheres, sempre pegar o quarto feminino. As chances de ter alguém roncando são bem menores. E querendo ou não, as mulheres costumam ser mais organizadas que os homens. É muito difícil para uma mulher, compartilhar um banheiro com outros homens.

Os brasileiros tem a fama de ser um dos povos mais asseados do mundo, portanto não estranhe se você vir alguém indo ao banheiro e saindo sem lavar as mãos com sabonete. Não se choque ao ver alguém largando a toalha de banho no chão. Faz parte da experiência de viver em um hostel durante algum tempo, o importante é você manter tudo que é seu organizado, limpo e trancado com cadeado no armário ou na sua mala. Segurança nunca é demais e é muito importante. Cuide do que é seu.

Eu já fiquei em hostels maravilhosos que não deixavam nada a desejar para bons hotéis que já encontrei por aí. Mas também já fiquei em hostels ruins, onde o chuveiro era maluco ou não funcionava, ou a limpeza não era das melhores. Minhas dicas pessoais! Não esqueça um chinelo para tomar banho e caminhar por lá, nem esqueça a sua própria toalha (mas antes veja onde vai colocá-la para secar depois). Os itens de higiene pessoal devem ser seus, como sabonete, shampoo, etc. Não deixe no banheiro, pois alguém pode sim usar. Não esqueça cadeado para seu armário e para sua mala, também não se esqueça dos protetores auriculares e do blackout para os olhos, pois nunca se sabe quando alguém vai ficar fazendo barulho ou acendendo a luz. Não se esqueça de ser educado também. Poderá fazer ótimas amizades.

No balanço geral, eu apoio as pessoas a viverem isso na vida, principalmente se estiverem na estrada sozinhas. Vale a pena, você troca informações, faz amizades unidas pelo amor ao mundo e ainda pode ter lugar para ficar quando estiver viajando por outros lugares. Aproveite enquanto está nessa fase, pois ela passa. Portanto, eu acredito que vale a pena sim utilizar as hospedagens coletivas, pelo menos uma vez na vida.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*