Enobacana

Curso de Vinhos de Bordeaux pela Grand Cru

Todo mundo sabe que eu estou com uma parceria maravilhosa com a importadora de vinhos Grand Cru. Mas não basta só beber vinhos e conhecer os restaurantes deles. Também é preciso aprender sobre vinhos. Que chato! Só que não! E foi exatamente isso que eu fiz na semana passada, lá na Grand Cru do Shopping Morumbi. Quero contar tudo para vocês!

O curso foi ministrado pela querida sommelière francesa Amandine Castillon, uma fofa que sabe tudo sobre vinhos, especialmente os franceses. Ela nos contou tudo sobre Bordeaux. Clima, Terroir, solos, cepas, cortes, as regiões dentro de Bordeaux, etc. Foi demais aprender sobre esses vinhos que estão na minha lista pessoal dos favoritos (aliás, vários vinhos franceses estão na minha lista, incluindo alguns de Bordeaux).

Não vou contar tudo o que aprendemos, porque senão estrago os conteúdos para aqueles que querem fazer os cursos. Não algumas coisas eu posso contar.
Começo dizendo que a região de Bordeaux é abençoada para a produção de vinhos. Sim, lá é um dos melhores dos mundo para a plantação de uvas. O clima é oceânico temperado, com calor e frio na medida certa. A floresta de pinheiros chamada Les Landes (floresta artificial que foi criada por Henry IV) barra os ventos que veem do oceano e também não tem gelo no inverno.

Bordeaux é dividida em duas margens. A esquerda e a direita. Do lado direito, a erosão causada pelo rio Dordogne, tem dois tipos de solos que tem como característica guardar mais água, o solo de calcários (quente e ideal para a plantação do Cabernet Franc) e o solo de argila (fresco e bem úmido, perfeito para Merlot).
Na margem esquerda, o solo é mais grave, cheio de pedras redondas e areia. É um solo com boa drenagem e retém o calor, mas que não acumula tanta água como os outros solos da região (esse solo é o ideal para Cabernet Sauvignon).
A uva mais plantada e usada na região de Bordeaux, é a uva Merlot. Seguida pela uva Cabernet Sauvignon, depois pela Cabernet Franc e finalizando com a uva Petit Verdot. Um detalhe importante, é que o Cabernet Sauvignon de lá, precisa ter um aroma de cassis, se tiver qualquer aroma diferente (como as uvas aqui do Chile, por exemplo), será considerado um defeito.
Outro detalhe bem particular na produção dos vinhos de Bordeaux, é que as vinícolas produzem no máximo 2 vinhos. Eles usam apenas as uvas que eu citei, mas a composição de cada um é um segredo. Tem vinícolas que usam apenas as uvas Cabernets, outras misturam com o Merlot, e assim vai.
Ah! Eu gostei bastante de fazer esse curso, aprender tudo, degustar os vinhos e a finalização onde foram harmonizados com um belo prato de gnocchi que foi feito pelo restaurante Távola (que é o que está dentro da Grand Cru do Shopping Morumbi), onde o cardápio é assinado por ninguém menos que Salvatore Loi. Tá bom para você?

Todos os vinhos que provamos estavam dos deuses. No curso, está incluído o drink de boas vindas (taça de espumamente), quatro taças dos vinhos da região do curso para nossa degustação, pães, queijos e um prato principal, tudo para harmonizar com os vinhos que estamos provando. Demais, né?!

Amei com todas as estrelinhas participar desse curso. Mal posso esperar para os próximos. Incrível mergulhar nesse mundo de conhecimento sobre vinhos. Estou cada dia mais apaixonada!

Ficou curioso para saber mais sobre os cursos? Acesse o site onde tem todos lá.
Nesse site, vocês podem filtrar os cursos por cidades, assuntos que mais interessam e tem todo o calendário lá. Certeza que vão encontrar cursos perfeitos para cada um de vocês.



Grand Cru Shopping Morumbi
Av. Roque Petroni Júnior, 1089. Morumbi. SP.

www.grandcru.com.br e os siga no Instagram @grandcruvinhos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*