Rocktrip

Curiosidades sobre a banda Foo Fighters

Curiosidades sobre o Foo Fighters

 

Bom, a banda está chegando ao Brasil para uma série de shows junto com a banda Queens of the Stone Age. Por isso decidi contar algumas curiosidades sobre a banda e seus integrantes. Afinal, todo mundo adora uma fofoquinha… (hahahaha)

A banda surgiu em Seattle, Estados Unidos, em meio aquele movimento grunge que estava borbulhando, especialmente naquela região onde outras bandas no mesmo estilo surgiram. A banda possui uma lista extensa de hits que alcançaram altas posições nos rankings da vida. Best of you, The Pretenders, My Hero, Times like These, Learn to fly, All my Life, Everlong, Walk, Big Me, etc. Estão nessa lista. Com toda certeza você já escutou alguma delas.

Todo mundo sabe que Dave Grohl começou sua carreira como música na icônica banda Nirvana. Mas poucos sabem que, mesmo enquanto ele estava no Nirvana, já tinha intenções de alçar carreira fora da banda e já produzia um material com sua própria personalidade, o que já estava deixando Kurt bem chateado com isso. E falando em Nirvana, ele admite que não toca músicas de sua antiga banda e também não escuta com frequência. “Me lembro imediatamente da comida ou da porra da tempestade de neve. É como abrir uma caixa de fotos antigas e não gosto de fazer isso”.

A banda já ganhou vários Grammys e Dave admitiu em uma entrevista que usou as estatuetas como peso de porta durante muito tempo (hahahaha genial). Aliás, se ele não fosse músico, não saberia o que poderia ser, pois não tem formação acadêmica. Não terminou o colégio, já foi até entregador de pizza e montador de móveis.

No Nirvana, Dave tocava bateria (duuuh, todo mundo), mas poucos sabem que ele é um artista polivalente. Ele toca guitarra, canta, toca bateria, baixo e teclado. Uffff! Além de atuar nos videoclipes da banda, sempre de maneira divertida. Por falar em atuações, no clipe de Walk (a minha favorita da banda) Dave interpreta um personagem que foi criado inspirado no filme “Um dia de Fúria”, clássico interpretado por Michael Douglas. No clipe “Breakout” toda a história foi montada em cima do filme “Eu, eu mesmo e Irene”, que o tema faz parte da trilha sonora.

O vocalista da banda não sobe ao palco sem estar mascando um chiclete, sem medo de engasgar. Ele diz que esse hábito evita que sua boca seque durante o show e comprometa sua voz. Ele também detesta falar ao telefone. Outra coisa que Dave detesta, é briga. Se alguém briga em seu show, ele simplesmente manda a pessoa se retirar. De verdade! “Você aí, de camiseta listrada, olhe pra mim! Ninguém briga no meu show. Saia daqui!” (hahahaha muito bom).

No geral, a banda faz umas exigências um tanto quanto estranhas e excêntricas (como toda banda e rock, né?!) Eu dei risada quando li que eles aceitariam dividir camarim somente com três bandas, Oasis, Supergrass e Led Zeppelin. Oi?! Até eu dividiria qualquer coisa com o Led Zeppelin, até um sanduíche de presunto (Chaves Feelings). Outra excentricidade da banda é que eles adoram um drink chinês que é feito com esperma de touro. Aliás, eles gostam de pedir esse drink no camarim antes dos shows (hahahahaha fala sério).

Por falar em shows, os integrantes da banda consideram a música Everlong como a mais importante entre todas que eles já criaram. Portanto, essa jamais poderia faltar em um show deles. Geralmente eles encerram as apresentações com essa música.

Dave é um rapaz um tanto quanto hiperativo… Ele tem sérios problemas para dormir e costuma acordar cedo, sempre pensando que está perdendo tempo dormindo (poutz, eu sempre penso a mesma coisa). Ele fica sentado, pensando o que poderia fazer. Quando lançaram a música Monkey Wrench, ele ficou pensando na história do clipe antes de dormir, escutando a música sem parar. Durante seu sono, ele sonhou com uma história e essa história que ele sonhou, virou o clipe.

Uma vez, Dave tomou ácido, durante uma viagem de barco na Inglaterra. Ele teve alucinações de que pequenos dinossauros estavam comendo os tornozelos de todos que estavam por ali. Imagina (uma vez tomei um remédio que me fez ter alucinações também, quando eu tinha 8 anos de idade, e eu via um anão com machado correndo em volta de mim e um peixe dentro do pijama do meu pai, foi terrível, imagina dinossauros!) Dave disse que a viagem durou 12 horas. Super bad trip.

Dave gosta de andar de moto. Ele tem várias estradeiras. Mas o que ele gosta mesmo, é praticar tiro. Sua arma favorita é uma que tem o calibre 12. Ah! Ele também é viciado em café. Isso explica a hiperatividade dele também, né people?!

A banda possui diversos amigos, já fez participações em diversos shows de outros artistas. Dave é muito amigo de Paul McCartney e era muito amigo do lendário Lemmy Kilmister, que faleceu faz alguns anos, vocalista da banda de metal Motorhead. David Bowie também está na lista dos amigos do Foo Fighters que se foram.

Você sabia que um dos maiores sucessos da banda, a música Learn to fly, é uma das que Dave menos gosta? Meu querido, estamos juntos nessa porque eu também acho essa música bem chatinha. Eles criaram essa música porque eles tinham sempre que ficar pegando aviões para viajar e alguns integrantes da banda tinham medo. No clipe dessa música, o ator Jack Black (que também é um roqueiro de primeira e canta muito), participou sendo um dos faxineiros do avião, que coloca uma substância  na bebida servida deixando todos muito loucos.

Bom, chega de curiosidades. Bora escutar a banda e se preparar para o show deles que vai ser no dia 27 de fevereiro lá no Allianz Parque. =)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*