América

Conheça Bariloche no Verão!

 

Bariloche, o paraíso argentino.

 

Perca-se nas paisagens e belezas naturais que Bariloche tem para oferecer durante a primavera e o verão. Bem diferente da neve invernal.

 

Se você pensa que Bariloche é um destino para ser visitado somente durante o inverno, está enganado. É claro que é bem bacana esquiar e fazer todos os esportes no meio da neve, mas pense na possibilidade de aproveitar a cidade, quando não há neve por lá. E eu posso garantir para vocês, vale muito a pena.
Pra começar, preciso dizer que fiz essa viagem saindo de Buenos Aires, de carro e de madrugada. Eu levei dois dia para chegar até lá, porque são quase 1.600km. Então, fiz uma parada estratégica na cidade de Neuquén, que fica a uns 1.000km de Buenos Aires, mas o caminho até lá é sossegado e rápido. E o legal é sair de Buenos Aires, quando ainda está escuro e ver o nascer do sol, pela estrada que cruza La Pampa, puro campo e horizonte lindo com o sol brilhando enquanto nasce. Segui para Bariloche no outro dia pela manhã, pois só faltava pouco mais que 450km.
Uma palavra boa para definir Bariloche nessa época, é colorida. A cidade está colorida. Os lagos estão azuis e brilhando com o sol. As flores (lavandas, rosas de todas as cores, begônias, hortênsias, astromélias, margaridas, etc) colorem as ruas, jardins e montanhas. A neve que sobrou do inverno pinta de branco o topo de algumas montanhas. Até as abelhas gigantes que ficam voando nas lavandas deixam tudo mais colorido.
Para ficar na cidade e curtir ao máximo, recomendo que esteja de carro. Se chegar na cidade pelo aeroporto, alugue um carro pelos dias que ficará por lá. Se tiverem a sorte de ter alguém conhecido que seja argentino e que te convide para fazer essa viagem de carro (como eu tive), não deixe de aceitar pois será uma experiência fantástica.
No verão, se você quiser aproveitar uma praia, é possível. E pode ficar tranquilo para mergulhar nas águas de lá, pois não existe nenhum animal perigoso que vá te matar. No máximo vai nadar com algumas trutas. A água estará gelada, mas se não tem vento e o sol está forte, dá para aguentar numa boa. Também pode ficar tranquilo se bater aquela sede, é só tomar um gole da água do lago, pois todos são potáveis.
Se preferir fazer algum esporte nas montanhas como trilha e escalada, também pode ficar tranquilo, porque não terá nenhum puma, urso, cobra e nada para te matar. Por lá existem diversas trilhas, em diversas montanhas. Eu fui convidada a fazer a trilha de 4h até o refúgio Frey, saindo de Cerro Catedral. Acampei pela primeira vez na vida e posso garantir, o céu que vi durante a noite, valeu cada esforço para chegar lá e ficar por lá. O céu mais abarrotado de estrelas que vi na vida.
Existem várias cidades ao redor de Bariloche que são conhecidas também, como Villa La Angostura e San Martín de los Andes. Mas faça uma visita fora da curva e vá até Villa Traful. Fica a uns 110km de Bariloche e a estrada para chegar lá é toda de terra e pedras, mas as paisagens são selvagens e lindas, como tudo naquela região.

 

Para se hospedar, não existe muito segredo. Ou você fica no centro, perto de restaurantes, lojas e atrações turísticas como museus, etc. Ou fica na Avenida Exequiel Bustillo e poderá ter as melhores vistas do Lago Nahuel Huapi, ou fica na região do Llao Llao. Não vou falar nada sobre esse hotel resort neste artigo, pois minha experiência nele está toda relatada nesse artigo aqui embaixo! E já adianto… Se prepare para babar!

http://www.viagensdatalita.com.br/2016/02/llao-llao-hotel-resort-bariloche.html

 

 

As cabañas que ficam na Bustillo, são perfeitas para criar clima de romance, que exala pela cidade, entre o casal. Aproveite para beber muito vinho, comer muitas coisas deliciosas com inspirações europeias e namorar bastante. Bariloche é a cidade perfeita para qualquer casal. Mas ela também é perfeita para as centenas de mochileiros que visitam a cidade todos os meses do ano.
Fiquem ligados nos próximos artigos. Esse foi só para dar um gostinho de quero mais. Escreverei um artigo sobre cada tema da cidade, assim fica mais fácil a busca, ok?! Babem nas fotos.

 

 

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*