Europa

Atrações para visitar em Londres

Atrações para visitar em Londres

 

Essa cidade divide opiniões. Geralmente não existe meio termo, ou você ama, ou você odeia. Eu sou do time dos que amam. E amo muito.

Londres é uma cidade intensa, vibrante e muito linda. Ah, e colorida. Sim, Londres é uma cidade colorida! Por ter muitos parques espalhados por lá, a paleta de cores das paisagens se alternam durante as épocas do ano. Cores fortes e vivas durante a primavera e o verão, todas as cores das folhas secas no outono e a sobriedade do inverno. Às vezes, até tem um branco absoluto quando neva, ou cinza quando chove muito. Mas também existem lindos tons de dourado quando o sol nasce ou se põe.

Uma das primeiras coisas que fiz quando cheguei em Londres, foi comer “Fish and Chips” em um pub pertinho do Palácio de Buckingham. Admito que a gastronomia inglesa é bem fraca, mas Londres compensa essa falha com a imensa variedade de restaurantes de todas as partes do mundo, principalmente os asiáticos.

Durante sua viagem, por favor, conheça quantos pubs conseguir. Visite dois, três, quatro por noite. Vale muito a pena. Mesmo que você tome apenas uma cidra em cada um deles (tome as cidras porque é difícil de encontrar isso aqui no Brasil, cerveja temos aos montes). Entre todos os pubs que conheci, destaco um que fica no bairro de Camden Town, chamado The Hawley Arms. Esse pub ficou conhecido por ser o preferido da maravilhosa Amy Winehouse, que até comprou uma mesa de bilhar para ser colocado lá.

Para quem gosta do lado alternativo das cidades, Camden Town é perfeito. É comum encontrar artistas de rua brilhantes tocando algum instrumento ou cantando perfeitamente pelas ruas de lá. Os restaurantes seguem a mesma linha. Aliás, Camden Town é conhecida como a Amsterdam inglesa. Coffee Shops, comidinhas para serem comidas com as mãos, bancos comunitários para relaxar e comer, ou simplesmente reunir os amigos. Fora as lojas cheias de suvenirs para levarmos de lembrança.

Outro bairro que ficou conhecido por conta da mídia, é o de Notting Hill. Nem preciso dizer que o romance vivido entre Julia Roberts e Hugh Grant deixou marcas relevantes nas ruas do bairro. A casa de porta azul ainda existe e é muito visitada. Caminhando pelas ruas da Portobello Road, você consegue encontrar belas lojas para comprar lembranças menos alternativas que as de Camden Town.

A parte cultural da cidade é incrível. Muitos teatros que abrigam excelentes musicais durante o ano todo. Ghost, Rei Leão, Priscilla Rainha do Deserto (eu assisti esse e amei, divertidíssimo), Rock of Ages, etc.

Os museus são incríveis também e a maioria tem entrada gratuita. National Gallery (com telas preciosas contando a história da Inglaterra), Museu de História Natural (que tem um fóssil de dinossauro gigantesco em uma das entradas), British Museum (com muitas antiguidades e coisas medievais), o Museu Albert e Victoria (onde estão parte das jóias da realeza britânica), o Museu de Ciência e tantos outros.

Mas destaco dois que eu realmente gostei e que mexeram comigo. O Tate Museum é daqueles museus que você acha que não entendeu nada, mas entende tudo, sente tudo. É muito fácil ficar de boca aberta com a arquitetura do lugar, com a vista linda para o rio Tâmisa e com todas as belas telas que fazem parte do acervo permanente do museu. Monet, Picasso, Joan Miró, Matisse, entre outros, estão por lá. O Tate é um dos museus mais importantes do mundo e com certeza vale a pena ser visitado.

Outro museu que destaco é a Tower of London. Lá tem museu, mas também já foi prisão e castelo. Muita coisa aconteceu por lá, poucas boas, muitas pesadas. Isso explica o clima denso do local. Lá você vai encontrar outra parte das jóias da coroa e uma coleção imensa de armaduras de reis, cavaleiros e tudo mais. O local serviu de prisão durante séculos, muitos prisioneiros executados, histórias de guerra de poder, reis e rainhas que tiveram suas cabeças cortadas por lá. Apesar de tudo isso, a visita é obrigatória sim.

Para quem gosta de compras, Londres é uma boa opção (faça as contas porque a Libra está nas alturas, então faça a conversão e analise). Caminhe pela Oxford Street, pela Piccadilly Circus, pelas lojas da Selfrieds e se quiser gastar mais, vá para a Bond Street, onde encontrará as melhores lojas do mundo, prontas para torrar o limite do seu cartão.

Entre as atrações turísticas básicas, devo destacar a bela London Eye (se aventure na fila nos dias em que a visibilidade seja boa, pois a vista lá de cima é incrível, mas se perde nos dias nublados ou com nevoeiros), o Aquário de Londres (que fica perto da London Eye e tem animais lindos), caminhar pelos belos parques como o Hyde Park, Kensington Gardens, entre outros, passar na frente do Palácio de Buckingham e pegar um trem ou metrô na Victoria Station.

Resumindo, Londres é uma cidade maravilhosa. Poderia ficar dias falando sobre lá. Com certeza deve estar na sua lista de “futuras viagens” e quando estiver por lá, fique no mínimo uma semana para poder viver uma pequena parte do que a cidade tem para te oferecer. Londres é vibrante, linda e cheia de história para contar. Basta visitá-la.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*