Listas

12 coisas para se fazer em Monte Verde

Que eu amei essa cidadezinha fofa, não é segredo para ninguém. Que eu gosto de fazer listas e mais listas, listas sem fim, também não segredo para ninguém que sempre me acompanha aqui. Mas, eu quis juntar tudo num artigo só. O melhor de Monte Verde, você só encontra aqui! =D Compartilha para mostrar para os amigos, meu povo! Vamos abarrotar aquela cidade! Eeeeee!

1- Jantar no Villa Donna Bistrô
Eu sou apaixonada pela comida, pelo ambiente e pela Chef, a Dona Sonia. Ela consegue ser criativa sempre, misturando ingredientes regionais, mas sempre com um toque de sofisticação e elegância que só ela consegue. E claro, aquele gostinho especial de comida caseira. Às vezes fico com vontade de viajar essas 2h30m só para comer algum dos pratos que ela faz com tanto amor e carinho. Parada obrigatória.

2- Se hospedar no Kuriuwa Hotel
Uma das melhores opções de hospedagem da cidade. O hotel tem uma proposta diferente e te faz entrar em contato com a natureza de qualquer jeito. Como ele fica afastado do centro da cidade, vale a pena jantar no próprio restaurante do hotel uma noite. Ou pedir um serviço de quarto e aproveitar a lareira.

3- Fazer alguma das trilhas da cidade
Monte Verde tem várias trilhas, para várias pedras. Com níveis de dificuldade diferentes. Se você for um amador e/ou medroso (como eu, que sou ambos), vale a pena começar pela trilha da Pedra Redonda. Mas, caso seja pró em trilhas, pode se aventurar para chegar até o Monte Selado. Mas atenção, nessa trilha é aconselhável levar um guia. As chances de se perder são altas.

4- Passeio de quadriciclo na Quadriventure
Mais um passeio para quem gosta de aventura! O pessoal da Quadriventure vai levar vocês para fazer passeios maravilhosos de quadriciclo. Além de divertidíssimo, o local onde fica a trilha, tem paisagens lindas. Vale a pena experimentar. E nem me venha com desculpas “não gosto de me sujar”, pois eu fiz a trilha toda, causando, acelerando, sendo “Talita” e não me sujei!

5- Passar uma tarde na Fazenda Radical
Na Fazenda Radical não faltam atividades legais para fazermos. As duas mais famosas são a Mega Tirolesa (que é bem alta e bem extensa) e a Falcoaria. Eu fiquei completamente apaixonada pela Falcoaria de lá. As aves são lindas e bem tratadas, dá gosto de ver. Além de tudo isso, são mansas. Aí meu coração não aguenta. Muito amor!

6- Almoçar no Restaurante O Caipira
Eita trem bom, sô! Esse restaurante é aquela parada obrigatória para quem quer provar o melhor da culinária mineira lá em Monte Verde. Opções não faltam, para todos os gostos. Obviamente, pedir algo que venha tutu, banana frita, couve e ovo frito de acompanhamento, é lei.

7- Beber cervejas no Arsenal da Cerveja
Para quem gosta de cerveja, entende do assunto e quer variedade, esse é o lugar em Monte Verde. O Arsenal da Cerveja tem centenas de rótulos prontos para serem servidos com petiscos, na temperatura ideal e escolhida por quem sabe muito sobre esse líquido dourado que todo mundo ama. O clima é propício para ficar lá também, com os amigos, papeando e bebendo até dizer chega.

8- Tomar algumas (ou todas) taças de vinho na Mistral
Funciona mais ou menos no mesmo esquema que o Arsenal. Pessoas que entendem muito do assunto vão te recepcionar e dar uma aula sobre vinhos. Gostei muito da seleção que eles têm lá e se quiser petiscos para harmonizar com os escolhidos, eles trazem lá do Villa Donna <3 Impossível não ir embora tarde da noite, aproveitando para atualizar o papo sobre enologia. Não sei vocês, mas eu sou loucamente apaixonada por esse líquido dos deuses.

9- Se hospedar na Pousada Carícia do Vento
Minha outra opção de hospedagem lá na cidade. Essa fica mais perto do Centro de Monte Verde, podendo ir a pé para a avenida principal. Bom que deixamos o carro lá e andar pela cidade é sempre bom para conhecer melhor. A pousada é fofa, com café da manhã perfeito e paisagens lindas. Custo benefício maravilhoso e recomendo alguns quartos até para viagens comemorativas de casais. Tudo lá é lindo, cheio de detalhes doces que nos encanta. Eu amei conhecer essa pousada também.

10- Comer o brownie perfeito na Chocolateria Montanhês
Outra figura que me apaixonei em Monte Verde, foi pela dona dessa chocolateria, a queridíssima Mônica. Além de gentil, ela tem algo que muito me interessa (momento Cérebro, da dupla Pink & Cérebro). A receita do brownie perfeito (hahahaha)! Isso mesmo! Ela faz o brownie perfeito da vida e vende em pedaços lá na Montanhês. Eu só fiquei em um, porque a consciência pesaria se eu comesse mais. Mas servido com calda de frutas vermelhas e uma bolota de sorvete de creme, é sacanagem. Perfeito!

11- Comprar a geléia da Tia Nata
Parte do meu amor por Monte Verde surgiu a partir da história desse casal, o Seu Renato e a Tia Nata. Não vou contar para vocês o que acontece por lá, para não estragar a surpresa e fazer todos ficarem com curiosidade e morrendo de vontade de ir para lá. Mas, adianto que a história deles fará seu coração se apertar. Amor puro e verdadeiro. Mas, tirando isso, a geléia é realmente muito boa e vale a pena!

12- Se apaixonar em Monte Verde
Ahhh! Estou aproveitando minha vibe romântica, porque fui assistir ao filme “La La Land” (aguardem resenha, que vem logo logo) e como eu amei o filme, me envolvi por essa atmosfera de acreditar que o amor existe ainda. Monte Verde é uma cidade romântica, que é visitada por muitos casais durante o ano todo. Então, por favor, escolha bem sua companhia para essa viagem. Caso seu relacionamento esteja ruim, ou caso ele não exista (o/ tamo junto, galera!) escolha viajar com os amigos. Às vezes, é a melhor opção mesmo. Mas caso esteja bem e apaixonado, vá para lá para se apaixonar um pouquinho mais. A cidade e todos, irão te ajudar nisso. O bom é que cidades como Monte Verde, te fazem decidir muita coisa. Se o relacionamento não estiver bom, acaba de vez. Se estiver bom, gruda de vez. Perfeito!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*